V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Programa possibilita que alunos da graduação estudem fora do País

Os alunos que participam do Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional terão Portugal, Espanha, Itália, Peru e Coreia do Sul como destino nos próximos meses

às 19h48
Expandir os horizontes, ampliar a visão do conhecimento e ainda conhecer novas culturas são alguns dos objetivos de muitos jovens. O que os impossibilita, geralmente, é a falta de oportunidade por questões financeiras. Mas os alunos da Universidade Tiradentes – Unit – contam com o departamento de Relações Internacionais para que nada disso fique apenas no papel. Com o Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional, neste segundo semestre, 31 alunos continuarão seus estudos da graduação em universidades conveniadas à Unit, em Portugal, Espanha, Itália, Peru e Coreia do Sul. 
Na foto, além dos alunos que viajam nos próximos meses, tem a equipe de Relações Internacionais e  coordenadores de cursos
Na foto, além dos alunos que viajam nos próximos meses, tem a equipe de Relações Internacionais e coordenadores de cursos
Otavio Correia lembra que o processo de seleção está mais rigoroso
O aluno de Design Gráfico Francisco de Assis já é admirador da cultura da Coreia do Sul
A aluna de Engenharia Civil Ana Beatriz escolheu Portugal para cursar o próximo semestre
Compartilhe:

A maioria já embarca em agosto e setembro. As bolsas do programa da Unit são no valor de R$ 5mil, valor que ajuda nos custos iniciais, com passagens, seguro de saúde e visto, por exemplo.

De acordo com o coordenador de Relações Internacionais Otavio Correia, o programa tem duração de seis meses, mas se o aluno tiver bom desempenho, tem probabilidade de renovação pelo mesmo período. “Enviávamos mais estudantes para o exterior, mas mudamos o processo de seleção. Hoje, está mais encorpado e aumentamos o nível de nota, afinal, nossa preocupação é que os alunos mantenham e repercutam nossa excelência de ensino mundo afora”, assegura.

Vivência internacional

Países como Portugal e Espanha são destinos mais desejados seja por área de pesquisa e afinidade, ou por uma questão de aproximação cultural. A aluna de Engenharia Civil Ana Beatriz escolheu Portugal para cursar o próximo semestre. “Vou ficar por seis meses e já pretendo estender para um ano, porque sei que será uma experiência muito válida tanto profissionalmente quanto para meu amadurecimento pessoal. E o apoio da Unit foi fundamental com a bolsa de auxílio que ajuda muito nos gastos e por todo intermédio com a universidade de lá”, explica.

Já o aluno de Design Gráfico Francisco de Assis escolheu a Coreia do Sul para cursar o sexto período do curso. “Gosto muito da cultura deste país, e quando vi a oportunidade, não pensei duas vezes, me inscrevi e passei no teste. O único problema é o lado emocional de minha mãe, mas sei que vai passar. Já tinha começado a estudar coreano, e agora será minha terceira língua, porque vou voltar sabendo bastante. Mas o apoio da universidade foi maravilhoso. Se não fosse a Unit, não sei quando isso aconteceria”, revela.

Compartilhe: