V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Programa de Iniciação Científica é apresentado a alunos do ensino médio durante Feivest

Programa de Iniciação Científica é apresentado a jovend do ensino médio. Alunos que participam de projetos discutiram, durante Feivest, as próximas ações

às 16h29
Bolsistas participam da reunião como os seus pais
Bolsistas participam da reunião como os seus pais
A professora Adriana Karla explica a funcionalidade do programa
Professora Ivy Caroline Barrozo Cavalachi
A jovem Natália Rebouças
Compartilhe:

Por Nivaldo Menezes e Raquel Passos

A Pró Reitoria de Pesquisa e Extensão aproveitou a Feira do Vestbular – Feivest – no último sábado, 21, para sensibilizar jovens do ensino médio acerca da iniciação científica apresentando o Programa Institucional de Bolsas – PIBIC – da Universidade Tiradentes – Unit. Participam como bolsistas selecionados alunos do Colégio Estadual Petrônio Portela e da Nossa Escola.

A coordenadora de Pesquisa da Unit, professora Adriana Karla de Lima explica que a reunião de implementação do Programa de Iniciação Científica específico para os alunos do ensino médio tem papel decisivo na vida de muitos desses alunos.

“São alunos que vão participar de projetos de pesquisa dentro da Universidade e ainda cursam o ensino médio. É uma oportunidade desses alunos conhecerem o mundo da ciência e da pesquisa mesmo sem ter ingressado ainda no ensino superior”, diz a professora Adriana lembrando que as bolsas destinadas ao ensino médio são ofertadas pela Unit e CNPq.

O projeto de Ensino Médio está inserido dentro do Projeto de Iniciação Científica da universidade. “Dos projetos aprovados na iniciação científica que tenha o aluno de graduação inserido, se o professor tiver interesse em colocar um aluno do ensino médio, ele nos informa. A partir daí, entramos em contato com as escolas para que essas unidades educacionais selecionem os representantes do ensino médio para que participem desse projeto”, detalha a coordenadora.

Para a coordenadora pedagógica da Nossa Escola, professora Ivy Caroline Barrozo Cavalachi, o projeto tem importância ímpar porque estimula o aluno a trabalhar com a pesquisa e a adquirir o censo da responsabilidade, do compromisso e do envolvimento com a pesquisa.

Natália Rebouças Kelleros, aluna do 1º ano da Nossa Escola revela que seu interesse pela pesquisa tem influência da sua mãe, a coordenadora do Mestrado em Direitos Humanos da Unit, professora Gabriela Rebouças: “Minha participação é mais pela curiosidade em saber como o projeto funciona. A pesquisa que estou envolvida discute a igualdade de gênero”.

Feivest

Feivest representa a principal programação institucional voltada para os jovens que desejam ingressar na universidade, oferecendo opções que vão desde visita às dezenas de estandes montados em toda a área do mini shopping (onde também acontecem atividades culturais), até visitas monitoradas aos laboratórios das áreas de saúde, humanas e exatas.

Compartilhe: