V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Projeto Unit+Vida realiza campanha em parceria com Hemose

Atividade para coleta de sangue é realizada pela primeira vez na instituição e atrai comunidade acadêmica

às 18h24
Compartilhe:
Dezenas de alunos doaram sangue

Dezenas de alunos doaram sangue

Durante toda a terça-feira, 29 de outubro, alunos e professores do curso de Enfermagem estão engajados em prol de uma causa nobre, captar novos doadores para abastecer o estoque de sangue do Centro de Hemoterapia de Sergipe – Hemose. A ação, que corresponde ao projeto do curso de Enfermagem Unit + Vida, acontece até às 16h, no laboratório de Enfermagem localizado na sala 24 do bloco E do Campus Aracaju Farolândia.

Esta é a primeira vez que a Unit recebe a campanha dentro da instituição. A data escolhida é em alusão a programação feita para a área da saúde nesta terça-feira, dentro da décima quinta edição da Semana de Pesquisa – SEMPESq. “É uma oportunidade interessante devido a grande quantidade de alunos durante a Semana. Esta é a primeira vez que o Hemose está na instituição com essa busca ativa de atendimento e captação para coleta de sangue”, salienta a professora Fernanda Soares, uma das responsáveis pela atividade.

Os acadêmicos Carlos Eduardo Maynard, Rodrigo Aragão, Emanuel Neto e Paulo Roberto Silveira doarão sangue pela primeira vez. Empolgados com a iniciativa, os estudantes dos cursos de Engenharia Civil, Direito e Mecatrônica, respectivamente, aprovaram a atividade. “Sempre quis doar sangue, mas nunca tinha tido oportunidade. E hoje, enquanto esperava minha aula começar, recebi o convite da turma de Enfermagem. Achei muito bom”, observa Emanuel Neto.

A acadêmica do 7º período de Enfermagem Vânia Novaes é doadora há um ano e fez questão de participar da campanha. “É importante essa conscientização, ajudar outras pessoas”, reforça.

PARCERIA

Vânia Novaes é doadora há um ano no Hemose e fez questão de participar da ação

Vânia Novaes é doadora há um ano no Hemose e fez questão de participar da ação

A parceria entre a Universidade Tiradentes e o Hemose surgiu em 2010, através do projeto de extensão Unit + Vida, criado por estudantes e docentes de Enfermagem. O principal propósito é captar doadores para atender a demanda do Centro de Hemoterapia do Estado. “Estamos muito felizes porque recebemos um número muito grande de voluntários para doar sangue. Inclusive, já estamos programando para a Semex, por exemplo, a coleta de sangue in loco”, ressalta a coordenadora do curso de Enfermagem, Maria Pureza Ramos de Santa Rosa.

Dentre as ações de captação do curso para movimentar o projeto está o cadastro criado com alunos matriculados na universidade. O estudante tem a opção de se predispor ou não para a doação de sangue. O banco de dados criado é passado para o Hemose que, em um momento de necessidade, aciona esse doador. Para a gerente de captação do Centro de Hemoterapia, Tereza Lisboa, a importância da parceria também é fazer um trabalho educativo almejando o futuro. “Nosso objetivo maior é salvar vidas. Estamos trabalhando o doador do futuro, a geração ‘Y’. Eles precisam estar preparados, sensibilizados para o ato de doar sangue. Por isso esta parceria deve ser contínua para trabalharmos questões de saúde, de qualidade de vida. Onde o Hemose estiver, a sociedade tem que estar presente doando sangue e salvando vidas”, salienta Tereza Lisboa.

DOAÇÃO

Para contribuir com o projeto, o voluntário (aluno ou colaborador) deve sentir-se bem, com saúde; apresentar documento com foto, válido em todo o território nacional; ter entre 16 e 67 anos de idade; e ter peso acima de 50 Kg. Ele passará por um processo de triagem para aferição de pressão arterial, peso e temperatura; fará uma consulta com o médico; passará para a sala de coleta e após a doação terá o momento de estabilização e um lanche.

Clique aqui para saber outras informações e participe!

Compartilhe: