V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Protagonismo: ensino híbrido estimula a autonomia acadêmica

A estudante Júlia Rayane, estudante do curso de Educação Física da Unit, destaca os diferenciais do Ensino Híbrido para a formação acadêmica.

às 10h56
Compartilhe:

A estudante Júlia Rayane é do curso de Educação Física da modalidade híbrida no Campus da Universidade Tiradentes (Unit) em Itabaiana. A experiência na graduação vem fortalecendo sua formação integral e profissional. No 4º período do curso, Júlia enfatiza a metodologia que promove uma maior aprendizagem crítica e reflexiva, além da valorização acadêmica. 

“O ensino híbrido exige da mesma forma que um ensino 100% presencial. Estudamos dois dias presenciais e os outros, em casa, com materiais disponibilizado na plataforma, e isso ajuda muito. Um dos pontos positivos é justamente esse de estudar de casa no nosso conforto e com flexibilidade de horários”, comenta a acadêmica. “O que mais me surpreendeu no ensino híbrido é a equipe de professores, que ensinam de forma bastante motivadora e com conteúdo didático”, acrescenta. 

Segundo Júlia, desde que iniciou o curso ela sempre teve total apoio e a motivação de toda a equipe acadêmica. “Espero que a instituição aprimore ainda mais e que todos tenham o conhecimento do quanto o ensino híbrido é desenvolvido e o acesso fácil para qualquer pessoa, independentemente da idade”, salienta. 

O Modelo Acadêmico Tiradentes tem como objetivo estimular os estudantes a definirem o seu futuro profissional, a partir do desenvolvimento de competências socioemocionais, fortalecendo a formação integral e profissional dos acadêmicos.

“Todos os nossos cursos híbridos possuem essa dinâmica. Temos um corpo docente diversificado: professor regente, que realiza o planejamento pedagógico organizado em trilhas de aprendizagem, e professores tutores virtuais e presenciais, que estimulam o aprendizado colaborativo e acompanham o aluno”, frisa Karen Sasaki, gerente acadêmica do Ensino a Distância (EaD) da Universidade Tiradentes.  

Entre as habilidades trabalhadas no Modelo Acadêmico Tiradentes estão a comunicação, a empatia, o marketing pessoal, o desenvolvimento de networking (redes de contatos), a liderança e iniciativa, o protagonismo e a capacidade de solucionar problemas complexos.

 “Toda e qualquer metodologia que coloque o aluno no centro do processo, e isso significa fazer com que ele demonstre e aprenda efetivamente, é importante. O estudante aprende colocando a mão na massa, praticando e exercitando a aplicação da dimensão teórica”, finaliza Karen. 

Veja também: Ensino híbrido: conheça a metodologia Hands-on 

Compartilhe: