V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Representantes Unit e Sema discutem possibilidade de parceria

Caso seja firmado, convênio com Secretaria Municipal do Meio Ambiente oportunizará estudantes do curso de Ciências Biológicas Unit possibilidades de estágio curriculares

às 20h13
Compartilhe:
Representantes discutem possibilidade de parceria entre Unit e Sema (Foto: Arquivo pessoal)

Representantes Unit e Sema discutem possibilidade de parceria (Foto: Arquivo pessoal)

A possibilidade de estabelecer convênio entre a Universidade Tiradentes e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema) no que se refere a oferecer vagas para estágio curricular aos alunos do curso de Ciências Biológicas da instituição foi uma das principais pautas da reunião realizada entre o coordenador do curso José Roque Raposo Filho e o secretário Municipal de Meio Ambiente Eduardo Lima de Matos. A reunião, também contou com a participação do secretário Adjunto da Sema César Gomes Gama e do coordenador de Saneamento Ambiental da Sema, Américo Azevedo de Souza.

“Acredito que ao estabelecermos esta parceria, poderemos ter um ganho nas áreas acadêmica e profissional das instituições. Ampliará a possibilidade do aluno vivenciar áreas de atuação do biólogo, uma vez que estará em contato direto com a realidade profissional”, acredita o coordenador do curso de Ciências Biológicas, José Roque Raposo.

Se firmada, a parceria com a Sema será uma oportunidade dos alunos estagiarem nas áreas de Meio Ambiente, Monitoramento, Saneamento Ambiental, Conservação, Biodiversidade e Áreas protegidas.  Segundo o coordenador José Roque, a Unit já possui algumas parcerias com a Secretaria. “Os profissionais da Sema ministram minicursos e palestras para nossos alunos, além dos estudantes e professores Unit participarem ativamente dos eventos realizados pela Sema, como por exemplo, a Semana do Meio Ambiente”, exemplifica José Roque.

O convênio será mais um elo de parceria entre as instituições, além de contribuir para o compromisso com a qualidade do ensino oferecido pelo curso de Ciências Biológicas, uma vez que a graduação recebeu nota máxima na avaliação realizada pelo Ministério da Educação (MEC). “Este tipo de demanda espontânea da Secretaria demostra também uma confiança na universidade e no curso. Esta credibilidade é, na verdade, uma meta para todos nós”, avalia o coordenador.

Outras reuniões serão agendadas para discussão do convênio.

Compartilhe: