V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Saiba como evitar transtornos durante as videochamadas

Para a especialista Karen Sasaki, gerente acadêmica da Unit EaD, objetividade e cumprimento do tempo projetado são imprescindíveis para o sucesso da videochamada.

às 10h20
Cropped image of entreprenur videocalling to business partner
Cropped image of entreprenur videocalling to business partner
Compartilhe:

A pandemia do novo coronavírus e a obrigatoriedade do distanciamento social fizeram com que as pessoas adotassem novos hábitos. Um deles está na forma de se relacionar, seja no trabalho, entre amigos e também nos estudos. As videochamadas nunca estiveram tão em alta como ultimamente. 

“Antes do isolamento, tinham lives, Webex, Google Meet, mas a forma como nos relacionamos com a tecnologia mudou muito.  As videochamadas começaram a fazer parte da nossa vida em todas as dimensões”, comenta a especialista em Educação a Distância e gerente acadêmica da Unit EaD, professora Karen Sasaki.

“O conceito e a preocupação com o tempo são fundamentais. Em uma videochamada, a pontualidade é imprescindível. Imagine deixar uma pessoa esperando por dez minutos sozinha em frente ao computador? Esse tempo se transforma em uma eternidade”, acrescenta. 

A adaptação tem sido uma questão de necessidade. Assim, é possível compartilhar vários momentos com os mais próximos que, ao mesmo tempo, estão distantes. Comemoração de aniversário, aulas ou reuniões são alguns exemplos. 

A ausência ou oscilação da internet pode ser um problema, mas ultrapassar os obstáculos e saber driblar os imprevistos do mundo virtual também faz parte do momento atual. Mas você saberia como evitar alguns transtornos durante as videochamadas? 

Para a especialista, o primeiro passo é ter o domínio dos recursos básicos. “Silenciar o microfone, desligar a câmera e compartilhar telas são recursos imprescindíveis para que você consiga participar ou fazer uma apresentação em uma videochamada”, salienta a especialista. 

“Sabemos que, em tempos de distanciamento social, todos os membros da família estão juntos em casa, e isso inclui adultos, crianças e animais. Ou seja, de vez em quando, podem ocorrer alguns ruídos e interferir na sua videochamada. Atue com normalidade e siga em frente”, complementa.

A objetividade e o cumprimento do tempo também são fundamentais. “A fadiga mental aumenta após longos períodos de videochamada, porque sua atenção fica focada em um único ponto. Tenha sempre um bloco de notas ao seu lado e siga em frente neste novo contexto”, enfatiza. 

“Também não custa nada lembrar que, em uma videochamada, a câmera fica centrada no rosto, e o campo de visão das pessoas sobre você aumenta. Então, é bom tomar cuidado com o uso de acessórios e roupas compatíveis com o ambiente profissional, por exemplo. Sem esquecer do cuidado com as interrupções de fala e aguardar o colega terminar de falar. O uso do chat também é uma importante ferramenta”, finaliza.

Compartilhe: