V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Saiba como funciona a profissão de Arquiteto Devops

Contar com o profissional dessa área é garantir a evolução tecnológica do produto/serviço de modo sustentável. A Unit oferece o curso EAD e prepara o aluno

às 14h34
Foto: Viptech
Foto: Viptech
Compartilhe:

O movimento de transformação digital pelo qual as empresas dos mais diversos segmentos estão passando vem acompanhado de novas dinâmicas e profissões. Uma delas é a de Arquiteto Devops para Soluções em Multicloud. O trabalho, que envolve lidar diretamente com estruturas seguras e funcionais de computação em nuvem, exige qualificação.

“Devops é a junção dos termos: desenvolvimento e operações, mas os ensinamentos do curso vão muito além dessas definições. O profissional Devops é responsável pela otimização da produtividade dos desenvolvedores bem como a confiabilidade das operações que vão desde a etapa da idealização passando pelo desenvolvimento até o feedback para garantir que o produto atenda às necessidades dos clientes”, explica o professor tutor da Universidade Tiradentes (Unit) na modalidade de Educação a Distância (EAD), Bruno Barreto.

Já o Multicloud, Bruno conta que é um processo que complementa o Devops. “A clouding computing ou a computação em nuvem, implementam um novo modelo de negócio on demand, onde as empresas não precisam investir grandes recursos em infraestrutura, utilizando os recursos através da internet de acordo com as suas necessidades, utilizando-se de escalabilidade e confiabilidade e outros elementos que compõe o sistema educacional”, infere.

 

Arquiteto DevOps na modalidade a distância

O curso de Arquitetura Devops para Soluções em Multicloud é um tecnólogo, o que significa que tem uma duração menor que uma licenciatura ou bacharelado. Além disso, foca na atuação profissional, combinando uma base teórica consistente com conhecimentos práticos que favorecem a entrada no mercado de trabalho.

As disciplinas estão distribuídas ao longo de cinco períodos, ministradas integralmente a partir do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Os alunos só precisam comparecer ao polo em que estão matriculados ao fim de cada período para a realização das avaliações. As demais atividades são realizadas através de plataformas digitais.

Os momentos síncronos e assíncronos acontecem tanto no AVA como no Google Classroom, que funcionam como verdadeiras salas de aula virtuais. Tais ferramentas contam com fóruns e outros canais de comunicação que facilitam a interação entre professores, tutores e alunos.

Leia também: A interação entre professor e aluno na contribuição do aprendizado

Compartilhe: