V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Seguro educacional: uma ajuda em situações difíceis

Unidades do Grupo Tiradentes oferecem um seguro educacional gratuito que garante pagamento de mensalidades em caso de desemprego, morte ou doença do responsável

às 16h06
O seguro educacional é gratuito, pode ser acionado a qualquer momento do curso e não tem nenhuma taxa repassada às mensalidades
O seguro educacional é gratuito, pode ser acionado a qualquer momento do curso e não tem nenhuma taxa repassada às mensalidades
Compartilhe:

Quem entra em um curso superior sabe bem que o processo de formação acadêmica envolve um bom investimento pessoal e financeiro, que às vezes pode faltar devido a situações inesperadas, como desemprego, morte ou doença. Pensando nisso, as unidades do Grupo Tiradentes oferecem ao estudante um seguro totalmente gratuito, que garante a continuidade do curso até a sua conclusão.  

“O seguro educacional é uma forma de prevenção e preocupação da instituição de ensino e tem o objetivo de ajudar os alunos em diversas situações para que seus estudos não sejam interrompidos por situações financeiras inesperadas, através do pagamento de mensalidades para a instituição no lugar do aluno”, define Lorena Silva, consultora de seguros da QHConsult, empresa responsável pela administração do seguro educacional disponibilizado pelo Grupo Tiradentes. A garantia é dada pela Icatu Seguros, uma das principais seguradoras do mercado brasileiro. 

De acordo com Lorena, o seguro pode ser acionado quando a pessoa responsável pelo pagamento das mensalidades sofrer Incapacidade Física Total Temporária (IFTT); morte por qualquer causa, invalidez total por acidente e perda de renda por desemprego involuntário. “Em caso de sinistros com o responsável financeiro do aluno, de acordo com as regras do regulamento, o mesmo pode ser acionado, podendo cobrir até quatro mensalidades de acordo com a cobertura solicitada ou a cobertura total do curso em caso de morte do responsável financeiro”, detalhou. 

A consultora esclarece ainda que não existe qualquer custo para o aluno e nem qualquer prêmio a ser resgatado, pois o seguro é pago pela Instituição e não é repassada nenhuma taxa nas mensalidades. “É recomendada a utilização do benefício, visto que é gratuito para o aluno, não sendo preciso pagar nada após a utilização mesmo depois da conclusão do curso. Não existe contratação deste seguro educacional, ele fica disponível durante todo o curso, para que o aluno solicite caso seja necessário sem um custo adicional. Independente do aluno solicitar ou não, a instituição paga para que seja ofertado esse benefício para os alunos”, assinalou. 

Para ter direito ao seguro, o estudante precisa estar matriculado na instituição e em dia com suas mensalidades até a data em que a cobertura do seguro passe a ser necessária. “Vale salientar que para conseguirmos acionar a cobertura, o responsável financeiro do aluno deve estar cadastrado no sistema da IES. Caso não tenha, o aluno pode fazer essa inclusão ou alteração do responsável no setor do DAAF [Departamento Acadêmico e Administrativo-Financeiro] de sua unidade”, orienta Lorena. 

A regra vale para todas as unidades do Grupo Tiradentes e para todos os alunos regularmente matriculados em todos os cursos de graduação presencial ou ensino à distância (EaD). A exceção vale para os bolsistas do Prouni (Programa Universidade para Todos) e os alunos que possuam financiamentos, como Fies 100%, Fief, PRAVALER, etc. Nestes casos, não há cobertura. 

Em caso de sinistro, o aluno entrar em contato através do e-mail: segurounit@qhcorretora.com.br. O regulamento do seguro educacional está disponível neste manual e outras informações podem ser buscadas no DAAF de sua unidade. 

Asscom | Grupo Tiradentes

 

Compartilhe: