V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Seminário Aracaju Acessível

O evento aconteceu, no último dia 22, no Campus Aracaju Farolândia da Unit

às 14h48
Em comemoração à Semana da Acessibilidade, aconteceu na última sexta-feira, 22, a 4° edição do Seminário Aracaju Acessível. Com temática “A vez do pedestre”, o evento foi realizado pelo Instituto Lucas e Mariana Aribé de Acessibilidade para a Inclusão Social de Pessoas com Deficiências e contou com apoio da Universidade Tiradentes.
Compartilhe:

“A acessibilidade está muito além de garantir uma rampa ou um banheiro mais amplo. É uma questão que envolve a garantia de acesso a qualquer pessoa, não só as com deficiência. E, para nós arquitetos, projetar espaços acessíveis envolve sentimentos, amor ao próximo, garantir e entender as necessidades de todas as pessoas”, declara Alessandra Marinho, diretora do Departamento de Licenciamento de Obras e Serviços da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Urbanismo de Natal/RN.

“Os estudantes têm a oportunidade de conhecer e ter um maior contato com a temática que é de grande importância para a profissão no futuro. Até mesmo nos dias atuais, os arquitetos e urbanistas não podem pensar em executar um projeto sem a acessibilidade”, comenta a professora Dora Diniz, coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unit.

A programação do seminário foi dividida em dois momentos. Pela manhã, palestras sobre acessibilidade e, no período da tarde, caminhada com a finalidade de evidenciar os locais mais problemáticos na extensão da Praça Oswaldo Mendonça.

 

Sobre o projeto

O projeto Aracaju Acessível foi idealizado, em 2013, pelo vereador Lucas Aribé com o objetivo de sensibilizar, mobilizar e instrumentalizar a sociedade aracajuana para a promoção acessibilidade na locomoção nos diversos espaços públicos.

“Esse é um momento de esperança a favor da acessibilidade. Caso não haja o espírito de união não conseguiremos dar um passo à frente. Nós precisamos de parcerias dos órgãos públicos e da população para termos condições de transformar Aracaju, uma cidade mais acessível, por meio de projetos, recursos e programas para que possamos fazer essa interação  com a sociedade de modo geral”, comenta Lucas Aribé, vereador do município de Aracaju.

Compartilhe: