V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Tempo de cozimento interfere nas vitaminas e sais minerais ingeridas

A quantidade de nutrientes, como sais minerais e vitaminas, que serão ingeridos variam de acordo com o tempo de cozimento do alimento.

às 16h59
A nutricionista e professora da Unit, Carla Sobral
A nutricionista e professora da Unit, Carla Sobral
Compartilhe:

Ter uma dieta saudável é o objetivo de muitas pessoas, mas já parou para pensar que o tempo de cozimento do alimento pode interferir na quantidade de vitaminas e sais minerais? O cozimento é um dos processos de preparo do alimento para torná-lo possível de ser ingerido. Assim, esse processo pode mexer com a parte sensorial do alimento, podendo mudar o aspecto visual, acentuar sabores e melhorar odores.

A nutricionista e professora da Universidade Tiradentes (Unit), mestra Carla Sobral, explica que quando o alimento é cozido, mesmo que seja no vapor, perde algumas vitaminas e sais minerais. Mas não é motivo de alarde, pois não chega a ser prejudicial para a alimentação. “Em nossa dieta também precisamos ingerir alimentos in natura a exemplo de frutas, vegetais e legumes que vai acabar compensando essa perda dos alimentos que foram cozidos”, diz.

O preparo pode ser considerado incorreto por duas situações: se o alimento cozinhar demais ou se cozinhar menos. “Se você passar do valor da temperatura que é padrão para determinado alimento, ele vai queimar e fugir do padrão do paladar, além de poder acabar produzindo substâncias tóxicas para o organismo. Assim como quando cozinha de menos, a exemplo da carne de porco que quando não atinge a temperatura de cozimento adequada possibilita a contaminação. O ideal é que a pessoa que esteja preparando, saiba a temperatura ideal que aquele alimento deve ser cozido”, afirma a professora.

Carol Sobral salienta que o fato de ter um cozimento inadequado não significa que aquela comida não possa mais ser ingerida. “Um exemplo é quando temos um paciente que não pode consumir uma dieta livre. Neste caso, precisamos cozinhar mais os alimentos transformando-o em papa ou em creme. Esse preparo continua oferecendo seus benefícios”, pontua.

Procure um profissional da Nutrição

Procurar o atendimento de um profissional da Nutrição ajuda a potencializar a ingestão de nutrientes. “Um plano alimentar quando é feito precisa ter uma diversidade, não importando se é um paciente doente ou um cliente que quer uma alimentação saudável, para atividade física. As refeições têm que envolver alimentos que vão sofrer diversos tipos de processos de preparo. O plano alimentar não é só colocar alimento de qualquer jeito, o nutricionista ele pensa também como esse alimento vai chegar no prato do cliente/paciente”.

 

Leia também:

Quer cursar Nutrição? Conheça os diferenciais da Unit

Compartilhe: