V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit entrega prêmio de Monografia

Pela 17ª vez a Universidade Tiradentes promove, através a Coordenação de Extensão, a entrega de prêmios às melhores monografias

às 23h56
O registro dos premiados
O registro dos premiados
Geraldo Calazans, coordenador de Extensão fala sobre o prêmio
Professor Haad na expectativa do resultado
O superintendente Acadêmico, professor Eduardo Peixoto
Compartilhe:

O prêmio de Monografia da Unit foi instituído com o objetivo da valorizar o papel do estudante em prol da busca da qualidade científica, além de estimular os acadêmicos quanto à formação profissional e humanística, à produção científica e a participar da vida acadêmica na universidade contribuindo para a produção do conhecimento.

Na opinião do superintendente acadêmico, professor Eduardo Peixoto que durante a entrega do prêmio esteve representando o professor Uchôa, o prêmio é de grande valia para a instituição e para o estudante. “É um estímulo para a iniciação científica e uma forma de fazer com que o aluno se aprofunde mais na sua área ou num tema que ele deseje aprofundar o seu conhecimento”.

“Essa premiação vem consagrar o trabalho de incentivo que a universidade e as coordenações dos cursos dão aos seus alunos para que desenvolvam uma pesquisa com qualidade”, salienta o coordenador do curso de Psicologia, professor Alexandre Haad.

E para surpresa geral dos convidados para a solenidade de entrega, os três primeiros lugares do prêmio couberam a alunos do curso de Psicologia e seus respectivos orientadores. Confira a relação com o título da pesquisa seguida do nome do pesquisador e seu orientador.

1º lugar – Orientação profissional: uma proposta de extensão e cidadania para jovens que irão prestar vestibular – Andreia Santana Felício, com a orientação de Jamile Santana Teles de Lima;

2º lugar – SUS: o profissional e a humanização – Ariel Luiza Xavier Feitosa, orientada por Tais Fernandina Queiroz;

3º lugar – Problematizando a universidade: a cidadania frente às questões sócio-políticas e educacionais da universidade no século XXI, de Luan Ricardo Santana, com orientação da professora Dinamara Feldman.

“Receber esse prêmio hoje representa pra mim um grande reconhecimento. Abdiquei de finais de semana durante um mês e meio. Foram 45 artigos lidos para chegar a esse resultado”, revela a acadêmica Andreia.

Igualmente emocionada, sua orientadora professora Jamile Santana confessa que reconhecimento e valorização são o desejo permanente de todo profissional. “Em se tratando da educação, é algo que abrilhanta ainda mais porque a educação no Brasil precisa ser estimulada de fato. Prêmios como esse incentivam para que o aluno continue estudando e o docente se especialize cada vez mais para poder ajudar seu aluno a contribuir com o conhecimento acadêmico”, conclui a professora.

Para ver mais fotos de Marcelo Freitas, clique aqui.

Compartilhe: