V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit mobiliza comunidade acadêmica em favor da Apae


às 22h16
Compartilhe:
O presidente da Apae, Max Guimarães, recebe o apoio da Unit

O presidente da Apae, Max Guimarães, recebe o apoio da Unit

Instituição beneficente que atende a mais de 200 crianças em nossa capital suspendeu suas atividades há cerca de duas semanas por falta de recursos

 

Começou hoje, dia 9, e prossegue até a sexta-feira, dia 18, no minishopping do Campus Aracaju Farolândia, uma intensa campanha de sensibilização junto à comunidade acadêmica da Universidade Tiradentes com o objetivo de arrecadar recursos para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae. A primeira doação foi feita pela Reitoria que entregou um cheque e ofereceu um espaço físico para que a equipe da Apae possa propagar o trabalho que faz há muitos anos voltados para o atendimento.

Para o coordenador de Extensão da Unit, professor Gilton Kennedy Souza Fraga, a universidade demonstra sua constante preocupação com o que está acontecendo na sociedade. “Em razão das dificuldades atuais que a Apae vem passando, achamos importante fazermos o que está ao nosso alcance”, diz. Gilton lembra ainda que durante os próximos dias colaboradores e voluntários da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Aracaju estarão orientando as pessoas sobre como elas podem ajudar.

As doações podem ser feitas através de depósitos bancários ou através de contato direto com a Apae

As doações podem ser feitas através de depósitos bancários ou através de contato direto com a Apae

A Apae precisa de cerca de R$ 70 mil para regularizar a situação financeira, o que inclui o pagamento de salários atrasados. Para o presidente da instituição filantrópica, Max Santos Guimarães, a esperança da revitalização do trabalho que atende a 202 pessoas na faixa etária de 3 a 40 anos, está na somação de esforços. “Ao disponibilizar o seu espaço para que possamos fazer nossa sensibilização e ao doar um cheque de significativo valor, a Unit dá um testemunho do seu compromisso social”, elogia.

Max lembra que qualquer pessoa pode fazer sua doação, de qualquer valor. “A Apae está receptiva e se o doador não puder chegar até nós, basta que nos avise que iremos onde ele estiver”, lembra o presidente ao disponibilizar os telefones 3205-4600 e 3215-5959 para quem deseja colaborar.

 

Foto – Marcelo Freitas

Compartilhe: