V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit promove 2ª edição da Semana Luso-Hispânica

Um dos destaques do evento é a palestra da professora doutora Isabel Gretel Fernández, da USP, um dos grandes nomes da metodologia de línguas no Brasil

às 21h22
Compartilhe:
Gretel defende reformulação da estrutura curricular do ensino de línguas estrangeiras para a educação básica

Gretel defende reformulação da estrutura curricular do ensino de línguas estrangeiras para a educação básica

Daniela Sampaio

A coordenação do curso de Letras Português-Espanhol a distância da Universidade Tiradentes traz para Sergipe a 2ª Semana Luso–Hispânica, que contemplará todas as áreas das licenciaturas em Letras, colocando em discussão temas atuais e pertinentes ao ensino de línguas no Brasil. O evento acontecerá entre os dias 5 e 7 de agosto no Campus Aracaju Centro da Unit. O tema central desta edição, “Rompendo Fronteiras”, é alusivo aos 50 anos da publicação da obra “Rayuela” (O jogo da amarelinha), do escritor argentino Júlio Cortázar.

A programação do evento inclui 15 minicursos que abordarão desde questões relacionadas à literatura, discurso, nova ortografia, oratória até o plágio e a produção científica. Além disso, haverá o Cine Cultural com exibição e debate sobre Cortázar e o filme O Cortiço, baseado na obra de Aluízio Azevedo.

A coordenadora interina do curso de Letras EAD, professora doutora Ana Cláudia Mota, conta ainda que a comissão organizadora do evento preparou uma palestra especial para celebrar os 25 anos do curso de Letras presencial da Unit.

Um dos grandes destaques da 2ª Semana Luso-Hispânica da Unit é a professora doutora Isabel Gretel Eres Fernández, da USP, um dos grandes nomes da metodologia de línguas no Brasil. Gretel contribuiu de forma ativa junto ao Ministério da Educação, para as orientações curriculares do Ensino Médio de Espanhol, publicadas no ano de 2006.

Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, com estudos pós-doutorais desenvolvidos na Universidad de Murcia, na Espanha, Gretel é, ainda, membro efetivo da Academia Internacional de Lexicografia e membro correspondente da Academia Peruibense de Letras. Defende a reformulação da estrutura curricular do ensino de línguas estrangeiras para a educação básica em geral, estabelecendo uma política de formação de professores assim como uma política de ensino de línguas estrangeiras no país.

Atualmente a professora Gretel leciona na Faculdade de Educação da USP, atuando no curso de Licenciatura em Espanhol, na Pós-Graduação, na área de formação de professores de Espanhol, além de Português e Língua Estrangeira.

Compartilhe: