V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit realiza abertura do 15º Encontro de Biologia

Evento acontece durante dois dias, com minicursos e palestras

às 11h48
Com o tema “Desafios Contemporâneos do Ensino de Ciências, Biologia e da Pesquisa”, teve início oficialmente na noite dessa segunda-feira, 11, o 15º Encontro de Biologia. O evento, que objetiva aos alunos uma oportunidade de debater sobre temas pertinentes à profissão, foi realizado no auditório da Universidade Tiradentes, Campus Aracaju Farolândia, e contou com uma programação com palestra, talkshow e homenagens aos professores que fizeram história durante os 24 anos de existência do curso de Ciências Biológicas da Unit.
Compartilhe:

“Queremos dizer aos nossos alunos o que um biólogo pode fazer, qual é o seu papel  tanto no ensino, que está ligado a licenciatura, quanto na pesquisa que está ligada ao bacharelado. O encontro é o momento de aprofundarmos ainda mais as discussões sobre a profissão”, destaca o coordenador do curso de Ciências Biológicas da Unit, professor Saul Santos.

O professor Cleverton Almeida, licenciado em Ciências Biológicas,  ministrou a palestra sobre desafios contemporâneos do ensino de ciências abordando a legislação que rege a profissão. Destacou as leis e decretos que norteiam a área e em seguida enfatizou os três campos de atuação  que os alunos   podem optar, o bacharelado, a licenciatura e a análise clínica..

Ao falar sobre os principais desafios da área, o professor enfatizou o distanciamento entre a teoria e a prática e salientou a necessidade de uma vivência maior do que é a sala de aula antes da conclusão do curso. “Os alunos estão necessitando cada vez mais de contato com a sala de aula para vivenciarem essas dificuldades”, destacou o palestrante.

Ainda dentro da abordagem sobre dificuldades no ensino da ciência, o professor Cleverton Almeida destacou que a metodologia é  conteudista, baseada na memorização, um conteúdo extremamente extenso que não se coaduna com a realidade contemporânea.

“O aluno tem acesso a um grande número de informações, no entanto, acaba não se tornando um bom gestor dessa informações e é isso o que precisamos formar,  um aluno alfabetizado cientificamente, com censo crítico e capacidade de gestão é o grande objetivo do ensino de biologia”, completa.

Compartilhe: