V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit realiza aula inaugural do PEP turma 2021

Momento simbólico marca o início do semestre letivo para os alunos do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Processos da instituição de ensino.

às 13h48
Compartilhe:

No último dia 31 de maio, a Universidade Tiradentes realizou a aula inaugural do seu Programa de Pós-graduação em Engenharia de Processos – PEP, tendo como convidado desta edição o professor doutor Jorge Fernando Brandão Pereira, da Universidade de Coimbra, em Portugal. 

“Esta é uma aula simbólica que todos os programas realizam para dar o pontapé inicial do semestre. É uma aula que chamo de incentivo para aqueles que estão iniciando a carreira na pós-graduação. É o momento de ver outros horizontes dentro da academia e da pesquisa”, analisa a professora Eliane Cavalcanti, coordenadora do Programa. 

“A aula inaugural tem o objetivo de fazer com que o aluno crie interesse, aguce a sua curiosidade pela descoberta desse novo universo que é a pesquisa. Todos os anos convidamos um pesquisador de renome nacional ou internacional, e isso é muito bom, porque nos traz visibilidade”, acrescenta. 

Atualmente, o PEP possui um patamar de destaque no Brasil, figurando entre os melhores do nordeste e do país. Com mais de 15 anos de implantação, o Programa tem conceito 5, significando excelência nacional, atribuído pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes, órgão que regulamenta a pós-graduação no Brasil. Em todo o país, apenas três programas em Engenharia Química/Engenharia de Processos possui o conceito 5, entre eles o da Universidade Tiradentes. 

“O nosso interesse em eventos como esse é abordar uma temática na área da Engenharia para incentivar os pesquisadores, além de levar conhecimento”, destaca a coordenadora. O primeiro programa sergipano de pós-graduação stricto sensu na área de Engenharia conta com duas linhas de pesquisas, voltadas para o uso e transformação de recursos minerais e energéticos e o uso e transformação de recursos agrícolas.

O pesquisador convidado é graduado em Engenharia Biológica pela Universidade do Minho, em Portugal, mestre na mesma área e doutor em Engenharia Química pela Universidade de Aveiro. Além disso, foi bolsista pós-doutorado na Universidade do Alabama, nos Estados Unidos, em um projeto de investigação realizado em parceria com o grupo MIT/Novartis, do Massachusetts Institute of Technology (MIT).

“Quero agradecer em nome da Unit e do Programa de Engenharia de Processos. É um prazer estar aqui hoje. Quando fui convidado, decidi trazer um tema abrangente que se relaciona com Engenharia de Processos”, comenta o professor Jorge, que falou sobre a intercessão da engenharia com a química, a biotecnologia e a sustentabilidade, pensando no futuro.  

Compartilhe: