V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit sedia 18ª Escola Regional de Computação – ERBASE

ERBASE contribui para a formação dos alunos e para profissionais que necessitem de atualização e mobiliza estudantes da Bahia, de Sergipe e Alagoas.

às 23h30
O professor Josenito  ladeado por gestores das instituições parceiras
O professor Josenito ladeado por gestores das instituições parceiras
Nos momentos que antecedeu a abertura o registro dos professores Fábio, Josenito e Lenalda
Compartilhe:

Organizado conjuntamente entres as Universidades Tiradentes, UFS e o Instituto Federal de Sergipe a 18ª Escola Regional de Computação – ERBASE traz como tema Computação, suas facetas e correlações. O evento que transcorrer até esta sexta-feira, 24, mobiliza profissionais e acadêmicos das Ciências da Computação da Bahia, Alagoas e Sergipe em torno de uma extensa programação.

Sediada no Campus Farolândia a versão 2018 oferece aos participantes palestras, minicursos, laboratórios e jogos.

“Esse é um evento tradicional da computação. Suas edições acontecem anualmente em cada Estado e historicamente quando realizado aqui, acontecia sempre na UFS, ou no IFES”, salienta o coordenador dos cursos de Computação da Unit, instituição que sedia pela primeira vez a ERBASE.

O docente ressalta a importância de a Unit receber os acadêmicos das demais instituições sergipanas, bem como as caravanas oriundas da Bahia e Alagoas.

“Ações assim fortalecem a área de computação do Estado exatamente por se tratar de um evento promovido em parceria”, complementa Fábio Batista.

Na opinião da pró-reitora adjunta de Graduação da Unit, professora Lenalda Vieira Santos Moraes, a ERRBASE representa um evento de significativa importância, especialmente para a Unit.

“Esse é um momento em que conseguimos abrir portas aos alunos de outras instituições e mostrar pra eles tudo o que há de melhor e importante que temos a oferecer. Além disso é o momento em que fortalecemos a nossa rede de parceiros e colaboradores”, comenta.

Representante do IFES, o secretário regional da Sociedade Brasileira de Computação e um dos coordenadores da ERBASE, Mário Farias, lembra que o principal papel da Escola é servir de informação complementar para os alunos de graduação, técnicos de computação e pós-graduando. “Além disso, servir de atualização para profissionais uma vez que trazemos temas bem atualizados para o evento”, acrescenta Mário.

“O evento é muito importante porque promove a integração e a troca de conhecimentos entre alunos e professores da nossa região. Isso só vem a contribuir porque vivemos numa sociedade em redes”, comenta o Pró-Reitor Administrativo e Financeiro, professor Josenito Oliveira Santos.

Acompanhe a programação da 18ª ERBASE.

Compartilhe: