V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit sedia FinancIES

Durante três dias, evento reúne gestores de instituições de ensino superior de todo país.

às 12h01
Discutir as variáveis que compõem a infraestrutura educacional e as inovações acadêmicas necessárias para garantir o crescimento sustentável. Foi com este objetivo que, na manhã de ontem, 20, a Universidade Tiradentes recepcionou, no Campus Aracaju Farolândia da Unit, gestores de instituições de ensino de todo país para a abertura oficial da nona edição do Fórum dos Executivos Financeiros para as Instituições de Ensino Privadas do Brasil – FinancIES.
Professor da FEA-USP, Edgard Cornachione, profere a palestra “Muito Além dos Números - Desafios dos Gestores (Financeiros) das IES
Compartilhe:

Em sua 9ª edição, o evento se consolida no cenário nacional como importante fonte para troca de experiências, interação com profissionais de renome e exposição de ideias, cases e estratégias de sucesso na área educacional. Mais de 150 gestores de 19 estados brasileiros participam do FinancIES.

A importância da infraestrutura, um dos nossos temas, é básica no ambiente formador da personalidade dos nossos alunos. Um ambiente que deve ser atrativo não apenas como um local de reunião dos alunos, livros e professores, mas um local de interação com o mundo e outras pessoas, que atenda as necessidades sociais e que estimule o aprendizado. Combinando isso com inovação que está além do ato de inovar, ou seja, modificar antigos costumes, legislações e processos, com foco na adaptação para que os profissionais possam continuar relevantes dentro do mercado de trabalho”, declara o presidente do Fórum e membro do Conselho Consultivo da Universidade Braz Cubas – UBC –, professor Iram Alves dos Santos.

Durante dois dias, são abordados assuntos que impactam na infraestrutura necessária para a melhor gestão da instituição de ensino superior, como carreira docente, remuneração hora-aula, benefícios adicionais para reter talentos, tecnologia, terceirização, otimização de contas a receber e a pagar, recursos para as instituições de ensino superior e para estudantes, entre outros. Hoje, a partir das 15h, será realizado um talk-show com histórias de empresários de sucesso, como o reitor da Unit, professor Jouberto Uchôa de Mendonça e o presidente da Construtora Celi, Luciano Franco Barreto.

O evento será encerrado amanhã, 22, com uma programação cultural com o intuito de integrar ainda mais os participantes.

 

Abertura

Na solenidade de abertura, o superintendente-geral do Grupo Tiradentes, Jouberto Uchôa de Mendonça Júnior, ressaltou os desafios, soluções e novos caminhos para o gerenciamento das instituições de ensino nos dias atuais. “O momento é de profunda mudança no mercado de ensino superior e eu não me refiro a fusões e aquisições, mas sim ao modelo e a visão de futuro para o nosso negócio em cinco ou 10 anos. precisaremos de prédios? Salas convencionais? Qual o papel das lideranças e das equipes nesse cenário? Que habilidades serão necessárias? Como inovar no ensino superior? Entendo que o gestor financeiro deve fazer a diferença dentro da IES trazendo temas como compliance, auditoria interna e externa, planejamento orçamentário, planejamento estratégico e, para mim, o mais importante de todos, a governança corporativa, pois com ela todo o resto vem por tabela”, analisa.

Presente na solenidade, o reitor da Universidade Tiradentes, professor Jouberto Uchôa de Mendonça agradeceu a participação e envolvimento dos gestores no FinancIES. “Os senhores, hoje, são peças fundamentais da instituição que conduz a universidade. Nós precisamos mostrar ao Brasil que a instituição privada não apenas paga os impostos, mas produz emprego, formação profissional de qualidade e enche esse país de pessoas qualificadas e pensantes. Esta terra tem imenso orgulho de registrar a presença dos senhores”, enfatiza. Na ocasião, a Unit também recebeu um troféu de homenagem por sediar o evento.

A programação teve início com a palestra do professor da FEA-USP, Edgard Cornachione,Muito Além dos Números – Desafios dos Gestores (Financeiros) das IES – A Instituição de Ensino de 2015 a 2030”.

Compartilhe: