V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Universidade prepara colaboradores para atender alunos estrangeiros

Com o objetivo de capacitar docentes e colaboradores para o processo de internacionalização de ensino superior, a Universidade Tiradentes oferece aulas de inglês

às 23h42
Compartilhe:

Com o objetivo de capacitar docentes e colaboradores para o processo de internacionalização de ensino superior, a Universidade Tiradentes, por meio do projeto Universidade Internacional, oferece aulas de inglês, com prática oral e gramatical. Na última quarta-feira (13), foram entregues certificados dos docentes e colaboradores que participaram das atividades deste ano.

Gerente do projeto Universidade Internacional, Ingrid Ganda explicou que a Unit pretende ampliar o número de alunos estrangeiros, fruto do processo de mobilidade acadêmica, fortalecido com a internacionalização da Instituição. Para isso, precisa capacitar seus profissionais para melhor atender esse público.

“O Projeto busca construir bases para ampliação da internacionalização. Se pretendemos ampliar o número de alunos estrangeiros, precisamos de colaboradores bilíngues para receber esses alunos. No Coffee and Talk, que integra o Projeto, realizamos debates com temáticas de cultura internacional voltada exclusivamente para colaboradores. Na quarta, aconteceu o último Coffe and Talk do ano e aproveitamos também para entregar os certificados de quem passou pela capacitação”, explicou, informando que os participantes do edital de aprimoramento do inglês como segundo idioma passam por uma prova inicial, para avaliação do nível do idioma, e depois são direcionados para turmas avançadas ou intermediárias.

Luana Maynard é professora do curso de Medicina e de Fisioterapia e acredita que a iniciativa é importante para ampliar o tripé pesquisa, extensão e ensino. “A iniciativa é muito importante porque o mundo pede esse preparo dos profissionais e para crescermos como bons educadores é necessário ter a internacionalização”.

Já Priscila Palmeira é colaboradora do DTI e recebeu o certificado nesta quarta-feira. Para ela, o projeto tem ajudado a relembrar o conhecimento em inglês. “Comecei tem três meses e acho ótimo porque geralmente não temos como praticar o inglês, no máximo, ouvimos música ou vídeos. Já fiz inglês há um tempo e está sendo produtivo para praticar”.

Compartilhe: