V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit EAD desenvolve pílulas do conhecimento para Enade

Os alunos da Unit EAD que estarão aptos para o Enade este ano já estão sendo engajados por meio das pílulas do conhecimento

às 21h44
Gerente acadêmica EAD, professora Karen Sasaki e assessora do Enade na Unit EAD, professora Ana Cláudia Mota
Gerente acadêmica EAD, professora Karen Sasaki e assessora do Enade na Unit EAD, professora Ana Cláudia Mota
As primeiras páginas são de instruções sobre uso. Depois que os arquivos multimídia são disponibilizados por curso
Os arquivos das pílulas do conhecimento são enviadas assim, por curso
Compartilhe:

Por Raquel Passos

Em face à prova do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) que já tem data marcada em novembro desse ano, cujo objetivo é avaliar a qualidade dos cursos de formação superior do país, os alunos da Universidade Tiradentes – Unit – da modalidade Ensino a Distância (EAD) começaram a ser engajados no assunto com um projeto intitulado pílulas de conhecimento.

Os arquivos foram enviados semana passada para cerca de 350 alunos de quatro cursos da área de negócios – Administração, Ciências Contábeis, Gestão de RH e Serviço Social.

Idealizado pelo núcleo Unit EAD Sergipe, o propósito é instigar o aprofundamento do conhecimento com conteúdos didáticos e multiplataformas, que prepara quem vai fazer o Exame, via Whatsapp.

De acordo com a gerente acadêmica EAD, professora Karen Sasaki, a intenção é envolver o alunado. “Precisávamos criar uma estratégia de mobilização para que o conteúdo chegasse de forma ativa. Desenvolvemos esse projeto em que os professores discutem questões sociais de temas atuais, como o desabamento do prédio de São Paulo e os imigrantes venezuelanos no Brasil. Tudo isso para que o aluno consiga exercer seu papel cidadão na sociedade, entender o que acontece no país e no mundo também pode estar relacionado a sua futura atuação profissional”, explica.

Pílulas de Conhecimento EAD

O projeto, elaborado com o intuito de desenvolver as atividades propostas e alinhadas pela Superintendência Acadêmica da Unit, serve apenas como um estímulo inicial para que o aluno se motive a aprofundar a discussão no Ambiente Virtual de Aprendizagem. Os professores tiveram total autonomia para elaborar o material e precisaram usar apenas uma câmera, microfone, computador e um aplicativo do Google chamado Loom.

Como as plataformas Google Drive e Whatsapp são de fácil uso e habituais no dia a dia das pessoas, as pílulas do conhecimento têm conquistado o público. “Têm uma linguagem visual bem agradável para que o aluno tenha vontade de acessar e sempre em arquivos leves, que não pesam a memória do dispositivo móvel. Tentamos unir as facilidades das tecnologias contemporânea com o conhecimento acadêmico”, explica professora Karen.

De acordo com a assessora do Enade na Unit EAD, professora Ana Cláudia Mota, graças às intervenções da mentora intelectual do projeto, professora Karen, esse produto pode ser executado com êxito. “Toda pílula de conhecimento tem um conceito-chave raiz que são estruturados no projeto com vídeo e texto para que possa levar o aluno ao AVA. Ou seja, o conhecimento não termina com a pílula de conhecimento. Pelo contrário, é o início. Inclusive, eles têm que entregar um produto final”, afirma Ana Cláudia.

Próximos passos

Será produzido um material voltado ao eixo geral do Enade. “Hoje nós ainda trabalhamos com a formação específica do aluno. Mas como o Enade trabalha 75% de formação específica e 25% de formação geral, então no segundo semestre teremos esse material contemplando”, finaliza Mota.

Compartilhe: