V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Parceria entre Unit e Unimed estimula o desenvolvimento de ações sustentáveis

O Projeto Conduta Consciente da Unit atua em favor da conscientização popular sobre ações que preservem o ambiente de forma sustentável

às 18h44
A ação de cidadania praticada no Parque da Sementeira envolve entidades que estão preocupadas com a preservação do meio ambiente que executam ações em favor da conscientização popular
Oficinas de papel mostram como transformar o lixo em utilitários
Oficinas de papel mostram como transformar o lixo em utilitários
Populares avaliam o Índice de Massa Corporal
Ações de extensão em favor da saúde da população
Compartilhe:

Foi com esse propósito de desenvolver ações sustentáveis que durante todo o sábado, 7, a coordenação do Projeto Conduta Consciente juntamente com alunos dos cursos de Educação Física, Medicina, Enfermagem, Nutrição e Biomedicina participaram de uma ação conjunta com a Unimed.

O Parque da Sementeira, como é popularmente conhecido, serviu de palco para que as instituições conveniadas e os cursos citados pudessem oferecer à população serviços de atenção à saúde e à cidadania.

Aferição de pressão arterial, teste glicêmico, orientações sobre alimentação salutar, teste de aptidão física, bem como oficinas de utilitários com material reutilizável foram algumas das ações praticadas junto aos populares que por todo o dia circularam no espaço da Sementeira, onde estiveram montadas as barracas.

“Não existe qualidade de vida sem o ambiente equilibrado. E como o parque é um ambiente propício, o estande do Conduta mostra as possibilidades de tudo aquilo que é lixo e que pode se transformar em luxo”, explica a coordenadora do programa, professora Luciana Rodrigues.

Para que haja mudança de comportamento é necessário um tempo e ele urge, segundo a doutoranda em Saúde e Ambiente. “Nós não temos mais esse tempo e as pessoas não conseguem compreender que o lixo jogado na cidade mata animais e ilhas distantes do continente”, exemplifica a professora Luciana citando a morte de tartarugas pela ingestão de plásticos em decorrência do lixo que é jogado na cidade.

Atitudes assim repercutem diretamente no cotidiano das pessoas, uma vez que são os humanos quem estão no topo da cadeia alimentar. “Na medida em que o solo, o ar e a água estão poluídos, o ser humano está prejudicado e vai sendo cada vez mais acometido por doenças”, conclui a professora.

Se desejar saber um pouco mais sobre a importância da preservação do meio ambiente, acesse links específicos. Aqui você tem um bom exemplo.

Compartilhe: