V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Educação financeira em pauta


às 18h20
A sala esteve lotada de alunos interessados  pelo tema em foco
A sala esteve lotada de alunos interessados pelo tema em foco
O professor Laudelino posa ao lado dos palestrantes convidados
Compartilhe:

Em sua 5ª edição a Semana de Educação Financeira trouxe para a sala de aula um assunto que interessa não apenas a quem lida com a operacionalização das finanças em empresas e sim, ao indivíduo como um ser capaz de se manter na zona de conforto desde que saiba utilizar com racionalidade o seu capital.

Daí surge a dúvida: é possível manter as contas equilibradas com um pequeno salário? Essa e muitas outras perguntas foram levantadas por quem participou na noite da sexta-feira, 18, do encontro acadêmico promovido pela coordenação do curso de Ciências Contábeis da Unit, com a participação de profissionais que integram o Programa de Voluntariado da Classe Contábil.

O programa representa um importante projeto desenvolvido pelo Conselho Federal de Contabilidade que mantém em cada regional um representante da classe com o propósito de esclarecer a população sobre diversos aspectos, entre os quais, a educação financeira.

“Em razão do momento em que o país está passando as pessoas estão precisando dessa educação financeira. Muitos endividamentos ocorrem por falta de uma ação consciente e básica que parte do princípio de que eu só posso gastar aquilo que está dentro do meu orçamento”, ressalta a palestrante convidada e membro do PVCC, Mônica Jesus dos Santos.

Sílvio Cruz, também voluntário do programa acrescenta que o indivíduo educado financeiramente adquire vários benefícios. “A fórmula é simples e pode ser aplicada a qualquer orçamento. Primeiro, saiba quanto ganha para depois observar o que pode gastar”, simplifica Sílvio.

“A oportunidade é de trazer para o aluno uma visão diferenciada do que significa o Conselho Regional de Contabilidade. Sem aquela visão de que se trata apenas de um órgão fiscalizador da profissão e sim, um órgão que opera com diversas possibilidades”, conclui o coordenador do curso, professor Laudelino Tanajura.

Compartilhe: