V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Arquitetos podem ganhar mais de R$20 mil por mês

Eles atuam em diversas áreas, como construção civil, paisagismo, conservação de patrimônios históricos e cenografia

às 12h33
Com o boom da construção civil, as oportunidades para o arquiteto foram ampliadas. Esse profissional perdeu aquela imagem de trabalhador de elite para assumir o papel daquele que atua em todas as esferas sociais, reduzindo custos, aproveitando melhor os espaços. O arquiteto projeta e organiza ambientes internos e externos de acordo com critérios de estética, conforto e funcionalidade. Pode também coordenar a construção ou reforma de prédios, confeccionando plantas ou determinando materiais que serão utilizados na obra. Para isso leva em consideração aspectos como uso do imóvel, disposição dos objetos, ventilação e incidência solar.
Compartilhe:

Ao lado do engenheiro civil, o arquiteto intervém no meio ambiente por meio de construções, mas tem exclusividade no trabalho de planejamento urbano e regional. Ao engenheiro cabe a responsabilidade por obras de infraestrutura.

Campos de trabalho

Ao elaborar um projeto, o arquiteto leva em consideração questões como custo, durabilidade e manutenção. Além das edificações, pode trabalhar com paisagismo (desenvolver espaços abertos, como jardins, parques e praças); cenografia (projetar e executar a instalação de cenários para espetáculos teatrais ou cinematográficos); conservação e preservação de patrimônios históricos; projetos de móveis e utensílios, de eficiência energética e com planejamento urbano.

Elaborar projetos sustentáveis também é uma preocupação do arquiteto. Neste caso, ele procura criar projetos que minimizem o impacto gerado no meio ambiente, considerando as condições climáticas, de hidrografia e ecossistemas da região.

O arquiteto também pode se especializar nas áreas de História da Arquitetura; Arquitetura de Interiores (organizar o espaço interno, definindo os materiais de acabamento e a distribuição de móveis); iluminação; orçamento de obras; computação gráfica aplicada à Arquitetura; comunicação visual, entre outras. É assim que o arquiteto tem espaço garantido em construtoras, escritórios de Arquitetura e Engenharia, assessorias e instituições de pesquisa.

ARQUITETURA

Remuneração

O arquiteto ganha de acordo com o projeto a ser desenvolvido e as descrições estabelecidas na tabela de honorários do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil – CAU/BR. Um profissional bem conceituado chega a receber mais de R$20 mil mensais.

Informações oficiais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea –, que fez um levantamento sobre a média salarial de várias profissões de nível superior, apontam para os 40 cursos superiores que rendem as melhores remunerações. Na pesquisa, Arquitetura e Urbanismo se posiciona em 11º lugar, após cursos, como Medicina e Odontologia. À frente, portanto, de cursos como Direito e Farmácia.

Compartilhe: