V E S T I B U L A R UNIT
MENU

A relação necessária entre Engenharia e Segurança no trabalho

A presença dos profissionais de segurança do trabalho nas empresas é regulamentada por lei; engenheiros também podem ser capacitados para a função

às 20h45
O engenheiro em Segurança do Trabalho é o profissional capacitado para garantir as condições de trabalho e de segurança de uma empresa (Unsplash)
O engenheiro em Segurança do Trabalho é o profissional capacitado para garantir as condições de trabalho e de segurança de uma empresa (Unsplash)
Compartilhe:

Elaborar estratégias para garantir um ambiente profissional sem problemas é a função de quem atua na área de segurança do trabalho. Essa atividade é tradicionalmente voltada para o ambiente interno das empresas, com o objetivo maior de preservar as condições de integridade física e mental dos trabalhadores.

A presença destes profissionais de segurança do trabalho nas empresas é regulamentada por lei e também uma exigência que representa qualidade dos processos produtivos. A segurança e menor índice de acidentes ou até mesmo a situação ideal de inexistência deles é fator que agrega valor aos executores de um empreendimento da construção civil.

Cuidado e investimento

Se existe segurança a oferecer, isso repercute na boa reputação da empresa e, consequentemente, no valor agregado a ser oferecido aos clientes consumidores e maior lucratividade para investidores. Logo, percebe-se que não se trata de somente seguir a norma e garantir meios de trabalho eficazes, que evitam acidentes.

Cuidar da segurança é também gerador de economicidade e da responsabilidade pública, que se reveste em um verdadeiro investimento empresarial. Para se ter uma ideia da relevância desta área, ela pode influenciar no sucesso do comércio com países do exterior de produtos e serviços, pois estes exigem certificações que reconheçam e garantam a aplicação das normas de segurança dos trabalhadores envolvidos.

Função estratégica

Segurança, saúde e higiene do trabalho estão em foco na sociedade. São também cada vez mais exigidos e fiscalizados por trabalhadores conscientes de seus direitos laborais. Cabe, portanto, aos responsáveis pela segurança do trabalho controlar riscos, promover perícias, vistorias e emitir laudos técnicos para confirmar que a equipe de trabalho está protegida.

A boa formação para esta missão é fator diferencial para a manutenção de ambientes seguros e saudáveis nos diversos setores de produção de bens e na prestação de serviços. Esta atuação deve se dar no sentido de prevenir acidentes de trabalho, avaliar os riscos ambientais, propor medidas de controle e redução de doenças do trabalho, enfim, promover a saúde e proteção do trabalhador em sua atividade ocupacional.

Função especializada

A função pode ser exercida por diferentes profissionais, entre eles o engenheiro especializado na área. A formação de profissionais qualificados em Engenharia de Segurança do Trabalho ganha importância pela maior habilidade deste profissional para atuar também na prevenção relacionada a desastres naturais como chuvas, enchentes, entre outros.

Este é mais um curso de especialização possível para os profissionais de Engenharia e Arquitetura. É uma pós-graduação destinada para profissionais que trabalham em áreas correlatas que demandam uma capacitação maior em prevenção de riscos.  Para engenheiros, esta formação pode garantir uma segunda atribuição junto ao Conselho Regional da categoria (CREA).  

Este curso de pós-graduação é oferecido pela Unit Sergipe, do Grupo Tiradentes, com foco em profissionais que atuam na esfera pública ou em empresas ligadas a engenharias e áreas de recursos humanos. É considerada uma segunda graduação. Também agrega valores a qualquer profissional de áreas afins, que se interessem pela Segurança do Trabalhador.

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: