V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit promove ação comunitária na cidade de Itaporanga D´Ajuda

Ao todo foram 13 cursos participantes em prol da conscientização da saúde e do bem-estar social

às 12h32
Consultas médicas; exames; teste de glicemias e aferimento de pressão; atendimento psicológico e jurídico; atividades lúdicas; tratamento estético; consulta nutricional e educação de saúde bucal, entre outras atividades, foram algumas das ações do Projeto Unit na Comunidade, realizado por alunos e professores na manhã deste sábado, 26, no Largo dos Quiosques, na cidade de Itaporanga D’Ajuda.
Compartilhe:

Por José Gabriel Cruz e Danilo Siqueira*

 

O projeto é fruto de uma das ações da Coordenação de Extensão da Universidade Tiradentes e tem como objetivo fomentar atividades sociais, educativas e pedagógicas visando ao bem-estar da comunidade e reafirmando o compromisso social da Unit.  Participaram da ação 13 cursos, de diversas áreas, entre eles: Medicina; Biomedicina; Enfermagem; Psicologia; Nutrição; Serviço Social; Direito; Odontologia; Comunicação Social; Educação Física; Fisioterapia; Estética e Pedagogia. 

De acordo com o professor do curso de Medicina da Universidade Tiradentes, Halley Ferraro, essa atividade de extensão agrega mais conhecimento ao aluno, por vivenciar o conteúdo ministrado fora da sala de aula, além de dar apoio à comunidade. “Com essa prática, além dos alunos adquirirem novas experiências, a comunidade também recebe a vantagem através da rapidez no atendimento”, completou.

Para o aluno do 3° período do curso de Medicina José Bruno, essa ação proporcionada pela Coordenação de Extensão impulsiona o aprendizado desde os primeiros períodos do curso. “A ideia desta prática adianta o nosso objetivo final, que é vivenciar toda a teoria aprendida em sala de aula, a praticar diretamente com a comunidade”. E acrescentou sobre a atividade de hoje. “Como sempre, a comunidade vem em busca do nosso atendimento, e hoje está sendo muito gratificante e inovador”, ressaltou.

Além da responsabilidade social e da vivência extraclasse, o estudante do 5° período do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes Yuri Amorim descreve que a importância dessa promoção é a aproximar o aluno da realidade cotidiana da comunidade.  “Viver essa troca de experiência junto com as pessoas nos faz crescer muito mais, e torna aptos a realizar os procedimentos com maior eficiência e muito amor”, afirmou o acadêmico.

Eficiência e causa social foram fatores essenciais para a construção da atividade, visão compartilhada pela moradora da comunidade Josefa Santos, 54, ao relatar que a ação da Unit é importante e beneficia muito a população. “Achei muito bom, porque eles fizeram minha glicemia e me indicaram sobre o nível de açúcar no sangue, e não é todo o dia que doutores ou enfermeiros vêm aqui com programas para todos nós.” ressaltou a moradora.

Além da área da Saúde, outra ação de destaque foi a atuação do curso de Direito, que ajudou os moradores do município de Itaporanga a esclarecer dúvidas sobre os direitos sociais. Entre elas, questões ligadas à área trabalhista em razão da reforma da previdência, no quesito empregabilidade, do governo Temer. Segundo o professor de Direito Jeferson Sousa, os empregadores foram os que mais procuraram a mesa de prestação de serviço. “Os esclarecimentos sobre a reforma trabalhista foram muito procurados aqui pelos empregadores.”, comenta o professor.

Os direitos do trabalho também foram tema na mesa de Serviço Social. A professora Jane Alves destacou as dúvidas a respeito das gestantes em relação ao direito de receber ou não o salário-maternidade. “O momento que o Brasil está vivendo é motivo para tirarmos muitas dúvidas sobre a reforma. Hoje estamos vivendo a retirada de direitos. Por isso é importante esclarecermos.”, opinou.

De forma multidisciplinar, alunos e professores promoveram mais informações para a comunidade na construção da conscientização quanto à qualidade de vida.

 

*Estudantes de Jornalismo da Universidade Tiradentes

Orientação e coordenação: Professora Talita Deda

Fotos: Anderson Peralta, Saulo Hipólito e professora Valéria Bonini. 

Compartilhe: