V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Alimentos fora do prazo de validade fazem mal à saúde?

Especialistas alertam que consumir alimentos fora do prazo podem causar problemas bacterianos e infecções alimentares

às 12h09
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Compartilhe:

Todos os alimentos consumidos pela população possuem um prazo de validade. Esse prazo garante a segurança e a integridade do alimento, além de proteger o consumidor de doenças e outras enfermidades. Entretanto, muitas pessoas acabam não seguindo as indicações contidas nas embalagens e consomem esses alimentos fora do prazo, correndo riscos de saúde. 

De acordo com informações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o prazo de validade é o período determinado pelo fabricante em que o alimento está seguro para ser consumido. A data em questão é determinada através de estudos realizados em laboratórios, onde verifica-se o tempo em que o alimento começa a se deteriorar. O prazo de validade é apontado com uma margem de segurança, sendo acrescidos alguns dias antes da data real de deterioração. 

Apesar da margem de segurança dos prazos de validade, os riscos de ingerir alimentos fora da validade estão intimamente ligados à saúde, uma vez que a ingestão desses alimentos pode causar diversos problemas de saúde as pessoas e entre os sintomas mais comuns estão dores estomacais, diarréia, infecção alimentar, vômitos e náuseas. Para aqueles que sofrem com doenças crônicas, como é o caso dos diabéticos, existem mais chances de complicações caso tenham uma intoxicação por ingestão de algum alimento vencido.

Além disso, muitas bactérias podem causar sérias infecções, como é o caso da Clostridium Botulinun que pode estar presente em alimentos enlatados que foram recontaminados ou que sofreram processamento térmico inadequado. Esta bactéria em questão pode causar botulismo, uma doença grave e fatal. Ademais, a intensidade dos sintomas depende de alguns fatores como o tipo de alimento, a quantidade consumida, o tempo passado do vencimento e o armazenamento do alimento. 

Por falar em armazenamento, a conservação também é levada em conta ainda na produção e no embalo. Vale lembrar que, a data de validade corresponde ao prazo em que o produto é seguro até ser aberto, e, por lei, as organizações devem dizer no rótulo quanto tempo ainda dá para comer depois da abertura. Por conta disso, especialistas garantem que a conservação do alimento é determinante na garantia da qualidade do item. Não basta o produto estar dentro do prazo. Ele deve ser transportado e armazenado conforme as orientações de quem o fabrica.

Leia Mais: Cesta básica: levantamento aponta aumento em todas as capitais

Compartilhe: