V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Alunas da Unit participam de treinamento com felinos no Zoológico de Lujan

Localizado na cidade província de Buenos Aires o Zoológico possibilita que os visitantes interajam com diferentes animais

às 20h22
Convívio pacífico entre o homem e o animal
Convívio pacífico entre o homem e o animal
Afetividade e respeito ao instinto animal
Participação no curso com aulas teóricas e práticas
Desde pequenos os felinos convivem com cães
Compartilhe:

As alunas do 7º período do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Tiradentes, Raiane Lima Silveira e Maria Elielma Moura, participaram na Cidade de Lujan, província de Buenos Aires do curso de extensão intitulado Manejo de Animais Selvagens em zoológico. O curso é promovido pela empresa brasileira Biologia em Foco situada em Brasília.

Satisfeitas com os conhecimentos práticos adquiridos em 40 horas aulas, as acadêmicas salientam que, num primeiro momento um Veterinário, uma Bióloga e dois tratadores de animais ministraram aula teórica com ênfase para temas que envolveram a alimentação, o recinto, medicação e apresentação das principais doenças que acometem os animais em cativeiro. “Os instrutores fizeram questão de desfazer comentários como os que dão conta de que os animais são dopados”, revela Raiane acrescentando que, segundo explicações do veterinário, o Zoológico portenho não costuma usar nenhum tipo de sedativo, senão em casos extremos como a necessidade de uma cirurgia.

Maria Elielma acrescenta que ao nascerem os filhotes de leão, são colocados em cada recinto dois cachorros para cada filhote que com eles permanecem durante os dois primeiros anos de vida.

“É um método em que os filhotes reconhecem os cachorros como se fossem da sua espécie, interagindo com eles e aprendendo os seus hábitos e comportamentos” ressalta a aluna que retornou impressionada com a forma carinhosa demonstrada pelos cuidadores para com os animais. “Cada um é responsável por cuidar de um único animal, é uma verdadeira história de carinho e respeito”, observa Raiane.

O segundo momento do curso foi destinado ao acompanhamento de todas as atividades nos recintos satisfazendo assim os desejos das acadêmicas que tiveram a oportunidade de estabelecer contato direto com os animais e de constatar que cada um deles é muito bem tratado.

Compartilhe: