V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Alunos apresentam trabalho de Práticas Integradoras

Segunda edição do evento aposta no desenvolvimento de várias competências

às 20h34
Compartilhe:

Acadêmicos das engenharias e dá área de negócios da Universidade Tiradentes apresentaram seus trabalhos e experimentos na 2ªa Mostra de Práticas Integradoras. O evento chega a sua segunda edição e tem como objetivo promover o aprendizado na prática, por meio da integração das diversas disciplinas. A apresentação dos trabalhos aconteceu no último dia 29 de maio, no minishopping do Campus Aracaju Farolândia.

Para o professor Kleber Andrade Souza, um dos organizadores da mostra, é importante explorar as diversas expertises dos alunos. “É integrar diversas disciplinas e ver que o profissional é feito de um conjunto de competências”, afirma Kleber. Divididos em equipes, os acadêmicos apresentaram projetos sobre reciclagem de óleos; práticas e pesquisas na área de negócios; tratamento de esgoto com taboa; aproveitamento de resíduos sólidos na construção civil; maquetes sobre a locação de poços petrolíferos; viabilidade da automação na agricultura; lava-jato automatizado, entre outros temas.

“Por mais simples que seja, é importante. Nesses banners existe conhecimento que envolve integração curricular, integração social, todos eles feitos em equipe, com preocupação socioambiental. Diversas competências desenvolvidas são apresentadas aqui”, diz o professor Paulo Jardel, coordenador do Núcleo de Inovação do Grupo Tiradentes. Para ele, é importante incentivar os estudantes e mostrar que o trabalho deles tem resultado.

Um dos projetos que evidenciam a visão socioambiental citada por Paulo Jardel é a utilização do bambu na construção civil. “O bambu pode substituir facilmente o aço, pela semelhança da resistência e pressão. Ele é barato, existe em todos os continentes, exceto na Europa. O Acre concentra 35% da produção no Brasil. Se nós temos a matéria-prima por que não usar?”, questiona Wilams Oliveira Santos, do terceiro período de Engenharia Civil e um dos realizadores do estudo.

 

Fotos: Marcelo Freitas

 

Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0002 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0006 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0023 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0030 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0046 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0049 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0051 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0052 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0054 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0056 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0065 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0067 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0073 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0075 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0082 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0095 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0107 Mostra-de-Praticas-Investigativas-e-Extencionistas_29052015_0115

Compartilhe: