V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Atividade recreativa estimula cognição de crianças durante estágio acadêmico

Em fase de estágio curricular, alunos de Educação Física da Unit desenvolvem atividades práticas com crianças de colégio da rede pública

às 21h58
Jogos que atraem e divertem
Jogos que atraem e divertem
Atividades diversas para as crianças
O coordenador da escola, professor Pedro Rogério de Carvalho
A professora Roberta Rezende e a acadêmica Daiane Teles Lima
Compartilhe:

A disciplina de estágio curricular do curso de Educação Física proporciona aos acadêmicos a experiência de colocar em prática todo o conhecimento adquirido em sala de aula através do desenvolvimento de atividades recreativas com alunos do ensino básico e fundamental. Ação nesse sentido vem sendo realizada uma vez por semana na Escola Estadual Jacinto Figueiredo, unidade localizada no Conjunto Augusto Franco.

Supervisionados pela professora da disciplina Roberta Rezende, dez alunos de Licenciatura do Estágio Supervisionado do Ensino II desenvolvem atividades recreativas com oficinas de habilidades motoras básicas atendendo aos anseios de pouco mais de 120 crianças entre 10 e 12 anos que cursam o 4º ano do ensino fundamental.

“Observamos hoje que essas habilidades têm sido pouco estimuladas e a vinda de projetos como esse para o cotidiano das escolas, trabalhamos com o desenvolvimento e o desenvolvimento humano do aluno”, aborda a coordenadora do curso, professora Lizane Teixeira.

A oficina motora que é realizada pela segunda vez na Escola Estadual Jacinto Figueiredo representa uma oportunidade para que os acadêmicos coloquem suas práticas pedagógicas em ação.

‘É aqui que eles têm a oportunidade de ver e testar quais são as atividades que trabalham com as habilidades específicas dessas crianças”, reforça a professora Roberta Rezende.  Ela explica que a prática do estágio permite que os acadêmicos testem tudo o que foi aplicado em sala de aula.

A acadêmica Daiane Teles Lima considera a atividade muito importante porque proporciona às crianças a oportunidade de desenvolver suas habilidades e aos estagiários a chance de colocar em prática o aprendizado de sala de aula. “É uma relação de troca”, diz a aluna.

“Nossa experiência aqui na escola é de grande valia porque estamos compartilhando o que aprendemos na universidade com as crianças”, acrescenta o acadêmico Joilson Alves de Souza Leite Júnior. Ele enfatiza a aceitação das crianças uma vez que é interesse e compromisso dos alunos oferecer atividades que potencializem a capacidade física através de diversos estímulos.

O coordenador pedagógico Escola Estadual Jacinto Figueiredo, professor Pedro Rogério de Carvalho Fernandes considera indispensável a interação estabelecida entre a unidade escolar e a Universidade Tiradentes.

“A prática do esporte proporciona à criança uma maior interação além de despertar o respeito pelo outro através de competições honestas. E isso os alunos da Unit estão proporcionando aqui aos nossos alunos”, finaliza o professor Pedro. 

Compartilhe: