V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Atleta da Unit é classificada para o Sulamericano de Fisiculturismo


às 16h48
A acadêmica do 4º período do curso de Educação Física da Universidade Tiradentes, Jéssica Oliveira de Aragão começou despretensiosamente a se preparar para o Campeonato Sergipano de Fisiculturismo ocorrido na capital sergipana no início do mês de maio e já nessa competição ficou classificada como vice-campeã na categoria Wellness 2.
A classificação para o brasileiro
A classificação para o brasileiro
Do brasileiro, para a disputa na esfera internacional.
Jéssica e o seu treinador, Gerson Moreira
Compartilhe:

A classificação garantiu à atleta uma vaga para o Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo NABBA 2015, ocorrido também no mês de maio e, nessa competição, Jéssica conquistou o segundo lugar garantindo uma vaga para o Campeonato Sulamericano que ocorre em 12 de setembro, na Argentina.

A ascensão repentina da aluna que nunca havia pensado em se tornar atleta se deve à confiança a ela debita pelo seu treinador e também acadêmico do curso de Educação Física da Unit, Gerson Moreira Lima Neto.

Durante as aulas Gerson percebeu o talento e a habilidade de Jéssica para a modalidade esportiva, passou a incentivá-la e procurou o professor Estélio Dantas que logo articulou com as coordenações dos cursos de Nutrição, Estética e Moda um projeto que tem por objetivo dar todo o suporte necessário à atleta para que ela figure entre as melhores do Brasil na competição internacional.

“A academia representa hoje em dia um dos mais importantes mercados de trabalho para a Educação Física. Então, mostrar que os nossos alunos brilham como treinadores e atletas porque contam com o apoio da universidade e porque têm competência técnica é muito importante”, salienta o doutor Estélio.

O docente considera importante o apoio interdisciplinar como a melhor maneira de evidenciar as ações promovidas pela Unit. “Somos uma universidade. Temos de ter visões múltiplas e por isso precisamos trazer as contribuições de todas as outras áreas porque juntos somos mais fortes”, reforça.

“Os treinos de Jéssica ocorrem com regularidade e são intensificados à medida que se aproximam as datas das competições”, diz o treinado Gerson, escolhido para monitor da atleta pelo professor Estélio. Uma das suas preocupações atuais é conseguir o patrocínio para que Jéssica possa continuar representando bem o Estado.

“Sempre gostei de musculação, mas, nunca me vi atleta porque os gastos são enormes pois há necessidade de se investir em dieta e em suplementos. Mas, como tudo foi acontecendo sem que eu esperasse os resultados conquistados, hoje já me vejo no Sulamericano”, revela Jéssica confiante de que terá o apoio necessário para continuar brilhando no pódio.

Compartilhe: