V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Bate-papo saboroso

Professoras de Gastronomia ministram palestra para crianças em Canindé de São Francisco

às 21h12
“Oxe! Mas quem come palma é animal!”, retrucou Lívia Vieira, 14 anos, estudante da Escola Municipal Professora Palmira Lisboa Santos, de Canindé de São Francisco. Passado o espanto inicial, ela e os colegas do quinto ano aprenderam, em um bate-papo descontraído com profissionais da Gastronomia, que a lasanha de palma é apenas uma das deliciosas receitas que podem ser produzidas a partir de frutas e verduras comuns do Sertão.
Compartilhe:

O bate-papo aconteceu na manhã de 24 de julho, na Biblioteca Promotor de Justiça Paulo Costa, centro de Canindé, e foi conduzido pelas professoras Katia Viana, coordenadora do curso de Gastronomia da Universidade Tiradentes – Unit –, e Lidiane Andrade, titular da disciplina Confeitaria. “Antes de pensar em aprender a cozinhar, procurem conhecer a história e a cultura de vocês. Ame a cultura de vocês. A partir daí vocês serão os melhores no que quiserem fazer”, orientou a professora Katia.

O evento integrou a segunda edição do Festival Gastrotinga, que reúne chefs de outras regiões do País para discutir a culinária sertaneja. “O objetivo é mostrar a riqueza que nós temos no bioma caatinga, em especial, na caatinga sergipana. Nós temos cerca de 50 ingredientes no bioma caatinga que podem ser utilizados na alimentação, mas são desperdiçados. O nosso foco são as crianças e jovens do ensino fundamental e médio, para trabalhar a conscientização, mostrar a eles o valor daquilo que é nosso, produzido de forma orgânica”, argumenta Timóteo Domingos, organizador do evento.

Compartilhe: