V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Biomedicina: 50 anos

A programação da jornada contempla palestras e minicursos

às 18h20
Implantado no Brasil há cinco décadas, o curso chegou a Sergipe graças ao interesse da Universidade Tiradentes em dar início aos cursos da área de Saúde
Brunno Câmara fala sobre os 50 anos da profissão
Brunno Câmara fala sobre os 50 anos da profissão
Composição da mesa com professores e convidado
O público lotou as dependências do auditório
A acadêmica Ruana Santos Barbosa
Compartilhe:

Promovida com o objetivo de divulgar as 36 áreas de atuação do profissional Biomédico, a programação da 11ª Jornada de Biomedicina da Unit, que comemora nesta versão os 50 anos de implantação do curso no Brasil (a 1ª instituição a oferecer o curso foi a Escola Paulista de Medicina, hoje Unifesp), propõe oferece à comunidade acadêmica e profissionais convidados a oportunidade de discutir sobre os campos de atuação e de conhecer o que ocorre de mais atual no exercício cotidiano desses profissionais.

Convidado para discorrer sobre o tema mobilizador da Jornada, o biomédico goiano Brunno Câmara salientou que trazer para os universitários sergipanos um pouco da história dos 50 anos do curso representa fazer um apanhado das conquistas da profissão mostrando qual é o papel do profissional na Saúde do Brasil. “Hoje temos 36 habilitações, então, considero importante mostrar aos estudantes o leque de possibilidades que ele vai encontrar ao escolher a profissão”, comenta o palestrante.

“Nós somos pioneiros com a implantação do curso em Sergipe no ano de 1993, pela Unit, e somos o segundo do Nordeste, uma vez que Biomedicina já pertencia à grade curricular da Universidade Federal de Pernambuco”, lembra o diretor da área de Saúde da Unit, doutor Hesmoney Ramos de Santa Rosa. O docente reconhece tratar-se de uma profissão nova, porém, de extrema importância no auxílio do diagnóstico e tratamento de doenças existentes.

“Esse é um evento que vem para fortalecer ainda mais a escolha de cada aluno que, estando aqui nesta noite, pode conhecer melhor o que oferece sua graduação através das palestras proferidas por profissionais que já atuam”, pondera a diretora adjunta de graduação, professora Lenalda Moraes.

A professora Vanessa Lordelo Pedreira Vivas, membro da diretoria da área da Saúde, considera a comemoração dos 50 anos da Biomedicina como um momento muito importante. “Trata-se de uma profissão que mudou o cenário nacional nas análises clínicas e vem modificando em outras áreas, uma vez que a profissão está desbravando novos espaços”, comenta.

Ao fazer um histórico da Biomedicina no estado de Sergipe, a coordenadora do curso na Unit, professora Ana Paula Prata Silva salientou que grande parte dos profissionais formados pela instituição sergipana estão inseridos no mercado de trabalho desenvolvendo ações que vão desde as análises clínicas, passando pela reprodução, imagem, estética, dentre outras áreas de atuação do biomédico.

Satisfeita com a escolha do curso, a acadêmica do 5º período Ruana Santos Barbosa reconhece que a realização da jornada proporciona um maior incentivo ao aluno e permite que ele interaja com quem já desenvolve atividades na área.

BIOMEDICINA

Compartilhe: