V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Cabuto representará as Engenharias de Sergipe em competição nacional

Alunos das Engenharias participam, em novembro, da competição SAE Brasil AeroDesign. As inscrições para integrar o time estarão abertas até dia 20

às 19h26
O primeiro protótipo chama-se besourão, em alusão ao nome do time, Cabuto
O primeiro protótipo chama-se besourão, em alusão ao nome do time, Cabuto
As inscrições para integrar o time estarão abertas até dia 20
Compartilhe:

Por Raquel Passos

Formada por estudantes das Engenharias Elétrica, Produção e Mecatrônica da Universidade Tiradentes, a equipe Cabuto está se preparando para o maior desafio lançado aos estudantes do segmento, a Competição SAE Brasil AeroDesign, que acontecerá em novembro, em São Paulo. Em Sergipe, esta é a única equipe a participar do evento, até o momento, e deverá desenvolver uma aeronave rádio controlada para participar do concurso.

Até lá, os estudantes promovem encontros de segunda à sexta-feira, todas as tardes, no bloco G, sala 59, campus Unit Farolândia. De acordo com o professor orientador do grupo, Igor Libertador, o objetivo é atender às exigências do novo edital. “O avião precisa ser desmontável e caber em uma caixa com 30 cm³. A equipe participante ainda precisará fazê-lo lançar uma carga por paraquedas sem que ele caia ou se desestabilize e desmontá-lo em menos de três minutos”, informa Libertador.

A vontade de mostrar todo potencial dos sergipanos diante de alunos de instituições reconhecidas pela Engenharia Aeronáutica, como o ITA, e garantir reconhecimento nacional são maiores que todos os desafios e exigências que enfrentam. “Graças ao professor Igor, que esteve conosco durante todo o processo, sempre incentivando e colaborando para que tirássemos o projeto do papel, temos essa grande oportunidade”, comenta o aluno do 9º período de Engenharia Mecatrônica Ruan Valmir.

Para ele, a determinação conta muito nesse processo. “No primeiro torneio de acesso da equipe, em novembro de 2017, a aeronave toda foi dimensionada e prototipada na escala para um aero, específico para a competição da SAE. A maior pontuação de planta, inclusive, foi da nossa aeronave e, com isso, conseguimos a classificação para o torneio que acontecerá em novembro de 2018. Isso serviu de grande motivação, já que mesmo com dificuldades percebemos que se trabalharmos de forma estratégica conseguiremos chegar lá. Agora queremos trazer uma colocação boa para a equipe e estamos trabalhando para isso”, avalia Ruan.

A competição

O principal objetivo do evento é incentivar a difusão e o intercâmbio de técnicas e conhecimentos de Engenharia Aeronáutica, a partir de aplicações práticas e da competição entre equipes.

Ao participar do programa SAE AeroDesign, o aluno se envolve com um caso real de desenvolvimento de projeto aeronáutico, desde sua a concepção, projeto detalhado, construção e testes.

Segundo o professor Igor Libertador, a competição inclui 95 instituições, mais de 200 equipes concorrendo a 95 vagas. “Somos a única equipe de Sergipe hoje presente no concurso. Grandes instituições especializadas no segmento, como ITA, que estão à frente da pesquisa aeronáutica, são as que nos dá ainda mais estímulo para seguir na competição, e tenho certeza que vamos fazer bonito”, avalia.


Cabuto Aerodesign

O nome do grupo vem para atender à necessidade da própria competição que é carregar peso. “O kabuto é um besouro que tem a capacidade de carregar até 70x o seu peso, ou seja, tudo a ver com o evento. Como somos do Nordeste, escolhemos escrever o nome do animal com a letra c, mais regional mesmo, mais próximo à nossa realidade”, explica o professor.

O projeto foi iniciado em 2016 com leituras e discussões. Em 2017, foi montada a aeronave com os parâmetros exigidos à época, e fruto disso, no final deste ano, o grupo Cabuto deve trazer boas novas.

Quer fazer parte?

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo 2018 da Cabuto Aerodesign. Até dia 20, os alunos das Engenharias interessados em participar do grupo devem acessar este site.

Compartilhe: