V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Ciclo de debate discute riscos nas democracias da América Latina

O evento do PPGD da Universidade Tiradentes teve como palestrante o professor Felipe Botero da Universidade dos Andes

às 21h33
Compartilhe:

O Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da Universidade Tiradentes (Unit) realizou a segunda edição do ciclo de debates sobre Direitos Humanos na América Latina. O evento faz parte do calendário da disciplina Democracia e Políticas Públicas para os Direitos Humanos, ministrada pelo professor Fran Espinoza. Quem esteve à frente do bate-papo no último dia 10  foi o professor da Universidade dos Andes, Felipe Botero, com o tema Elecciones presidenciales de Colombia, 2022: ¿Democracia en riesgo?

“Cada país da América Latina enfrenta seus próprios riscos e desafios em relação à democracia. Esse intercâmbio de conhecimento permite entender as peculiaridades de cada caso, mas, o mais importante, é entender quais são os pontos fortes e fracos de cada democracia. Com esse conhecimento, podemos trabalhar a cidadania e recomendar políticas públicas com a finalidade de preservar instituições importantes para a produção dos direitos e liberdades dos cidadãos latino americano”, destaca Botero.

A coordenadora do PPGD da Unit, professora Grasielle Borges, ressalta a importância de trazer outros olhares, inclusive internacionais, sobre os temas trabalhados no programa. “O ciclo de debates oportuniza uma troca muito importante tanto para os pesquisadores estrangeiros quanto para o programa e discentes. Vejo ações como essa, de participação de pesquisadores de outros países, como um fortalecimento de vínculos e uma forma de a gente fortalecer esse eixo de internacionalização que precisa ser visto e colocado como prioridade”.

O professor da disciplina Democracia e Políticas Públicas para os Direitos Humanos, Fran Espinoza, explica que o ciclo de debate tem duas edições a cada semestre, sempre trazendo pesquisas de destaque. “Em nosso mestrado e doutorado em direitos humanos temos uma perspectiva bastante latino-americanista, sem deixar outros autores de lado. Estudamos diferentes áreas dos direitos humanos como a democracia, partidos políticos, políticas públicas sempre fazendo comparativos com outros cenários. O ciclo é uma forma de conhecermos a América Latina mais a fundo por meio de pesquisadores importantes. Assim, nossos alunos se interessam mais sobre temas que temos muitas coisas em comum”, afirma.

Mestrandos

Para a aluna do PPGD e egressa de Direito da Unit, Agda Costa, esse intercâmbio de pensamento crítico ajuda na formação. “O ciclo de debates tem sido muito engrandecedor porque permite que a gente troque conhecimento com professores de outras instituições que tenham pesquisas que se aproximam das nossas. O professor Fran faz questão de apresentar o caminho das democracias que perpassa por períodos como a ditadura, período democrático, políticas públicas e o papel dos movimentos populares”, diz.

O advogado de Vitória de Santo Antão (PE), mestrando do PPGD Sérgio Barbosa Júnior, comemora a proximidade do tema do ciclo com o seu projeto de mestrado. “O ciclo de debate é essencial, porque meu projeto de pesquisa fala da participação política de transexuais no Brasil e um pouco da América Latina. Vou fazer um leve contraste entre a realidade brasileira e a encontrada nos países latinos. Então, essa discussão pode trazer possibilidade para meu estudo.

 

Leia também:

Mestranda propaga como as cidades são transformadas pelas novas tecnologias

Compartilhe: