V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Como identificar e evitar a produtividade tóxica

Nem sempre a produtividade está ligada à qualidade e capacidade. Muitas vezes, reflete um excesso de preocupação com o trabalho.

às 19h35
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Compartilhe:

Normalmente, o uso da palavra produtividade está associado à quantidade de serviços realizados, produtos entregues e metas alcançadas. Mas você já ouviu falar em produtividade tóxica? Relacionar produção excessiva de trabalho (muitas vezes, sem descanso) à capacidade do trabalhador pode ser um erro grave.

A onda do home office, desencadeada pela pandemia de covid-19, aumentou o ritmo de trabalho de muita gente e gerou excesso de preocupação e crises de ansiedade, além do medo em relação ao futuro e incerteza profissional. O limite de horário era constantemente ultrapassado, a alimentação comprometida e a tecnologia sempre presente, em todos os momentos.

Os principais sinais de produtividade tóxica são: excesso de culpa em relação ao trabalho; o pensamento de que é preciso estar sempre fazendo algo; trocar atividades de lazer por trabalho; estar ligado ao celular ou computador trabalhando o tempo todo; sentir-se exausto constantemente e ter com frequência um dia de trabalho que se estende além do horário.

Para evitar a produtividade tóxica, é importante estabelecer limites consigo mesmo e com os outros. Uma maneira interessante é priorizar as tarefas levando em consideração a importância e a urgência de cada uma. Se é urgente e importante, faça agora; se é urgente, mas não é importante, delegue; se é importante, mas não é urgente, programe; e se não é urgente nem importante, elimine.

Outras dicas essenciais são:

  • Não se sobrecarregue. Aprenda a dizer não para algo que ultrapasse o limite que estabeleceu para si.
  • Sua vida não se define somente pelo trabalho. Inclua atividades prazerosas à rotina. Leia um livro, assista a um filme, cozinhe etc.
  • Pratique exercícios físicos regularmente. Isso ajuda a diminuir o estresse.
  • Mantenha uma boa rotina de sono: durma e acorde todos os dias no mesmo horário, sempre que possível.
  • Controle a tecnologia, usando-a a seu favor. Desabilite notificações e estabeleça horários para responder a e-mails e mensagens.
  • Elimine o espírito de competição com os colegas e não espere resultados imediatos.

 

*Com informações do El País, Revelo e Vitalk.

 

Leia mais:

O papel da Psicologia na sociedade do bem-estar

Compartilhe: