V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Concurso elege melhor pão francês de Aracaju

Curso de Gastronomia da Universidade Tiradentes é parceira em concurso na escolha do melhor pão francês da capital sergipana

às 19h51
Serão avaliados, entre outros critérios, cor, sabor e aroma
Serão avaliados, entre outros critérios, cor, sabor e aroma
Unit participa de concurso para eleger melhor pão de Aracaju
Compartilhe:
Unit participa de concurso para eleger melhor pão de Aracaju

Unit participa de concurso para eleger melhor pão de Aracaju

Qual padaria de Aracaju fabrica o melhor pão francês? Para saber a resposta está sendo realizado na capital sergipana o concurso ‘Melhor pão jacó de Aracaju’. O concurso acontece em parceria com as empresas Moinho Sarandi, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae –  e Universidade Tiradentes – Unit, e reúne aproximadamente 50 padarias da cidade. Além de eleger o estabelecimento que produz o melhor pão, o concurso tem a finalidade de despertar nos empresários a busca pela qualificação da mão de obra para desenvolvimento da panificação e confeitaria no Estado.

“Queremos trabalhar com os empresários a necessidade de melhoria na qualidade dos serviços e produtos ofertados. E a ideia partiu disso, de criar um estímulo para ser melhor”, observa a professora do curso de Gastronomia da Unit, Lidiane Andrade.

Para participar do concurso, cada padaria enviou 10 unidades de pão para serem avaliados no Espaço Gourmet da Unit e representantes do curso de Gastronomia e Moinho Sarandi avaliaram baseado em sete critérios: pestana (que é o corte do pão), cor, ‘crocância’, miolo, sabor, aroma e lastro (que é o fundo do pão).

Luciene Silva é gerente de produção da Pandoro e está confiante com a participação do concurso. “Acredito que nosso pão seja completo. E por ser uma busca pela melhoria do pão francês, não poderíamos ter deixado de participar”, observa Luciene.

Segundo o consultor do Sebrae Alércio Guerra, a proposta do concurso colabora para compreender os processos e técnicas da fabricação do pão na capital. “O pão francês é rico em processos de produção e é isso que tentamos implantar junto aos empresários. Queremos entender tecnicamente como é a qualidade deste produto em Sergipe, buscar a excelência deste pão, saber se este empresário investe em capacitação de mão de obra e matéria-prima de qualidade. Queremos multiplicar essas ideias e estimular o mercado a buscar a excelência”, destaca Alércio.

Serão avaliados, entre outros critérios, cor, sabor e aroma

Serão avaliados, entre outros critérios, cor, sabor e aroma

O resultado dos dez melhores pães será divulgado nesta segunda-feira, 9 de junho. No dia 4 de julho, os classificados enviarão novamente dez unidades de pão para nova avaliação. Para julgamento, além de representantes Unit, Moinho Sarandi, participarão mais quatro julgadores.

Os três primeiros colocados do concurso ganharão respectivamente, 20; 15 e 10 sacas de 50kg de farinha de trigo. Os padeiros também serão premiados com um notebook para o primeiro lugar, um tablet para o segundo e uma bicicleta em terceiro lugar.

Para a professora Lidiane Andrade, a boa participação dos empresários garante o incentivo para a realização das próximas edições. “A adesão foi muito positiva e é uma boa perspectiva par as próximas edições. O projeto de desenvolvimento da panificação e confeitaria de Sergipe é contínuo e queremos agregar mais empresas. Tudo em busca da melhoria da qualidade desse produto”, conclui a professora Lidiane Andrade.

Fotos: Marcelo Freitas

Compartilhe: