V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Congresso Nacional de Nutrição: mais de 600 inscritos debatem avanços científicos da área

Congresso Nacional de Nutrição acontece pela primeira vez em Aracaju e conta com uma programação repleta de palestrantes renomados. A qualidade de vida está em discussão

às 19h16
O coordenador do curso homenageou figuras importantes para o curso de Nutrição
O coordenador do curso homenageou figuras importantes para o curso de Nutrição
A aluna do 7º período, Mirela dos Santos Batista e suas amigas
Congresso teve mais de 600 inscritos
Convidada Rosângela Passos proferiu palestra de abertura do evento
Auditório ficou lotado
Clima foi de agradecimento
Pró-reitora de Graduação, professora Arleide Barreto, também foi homenageada
O coordenador de Extensão da Unit, professor Geraldo Calazans, foi homenageado
Vice-diretora da Área de Saúde, professora Wanessa Lordelo, foi homenageada
O diretor de Inteligência Competitiva do Grupo Tiradentes, professor Domingos Machado, foi homenageado
Vice-reitora da Unit, professora Amélia Uchôa, foi homenageada
Reitor da Unit, professor Jouberto Uchôa de Mendonça ressaltou a importância do Congresso
Coordenador do curso e presidente do Congresso, professor Hugo Xavier
Compartilhe:

Por Raquel Passos

O Congresso Nacional de Nutrição segue com programação até dia 30. Pioneiro em Sergipe, sua primeira edição traz programação relevante sobre: ‘Alimentação, nutrição e saúde: avanços tecnológicos e científicos’ para 620 inscritos. Na oportunidade, o curso da Universidade Tiradentes – Unit – celebrou uma década de atividades voltadas para ensino, pesquisa e extensão.

Na abertura do evento, no último dia 27, a doutora Rosângela Passos abordou sobre a nutrição e os bioativos no tratamento da dor crônica. “Evidências científicas têm demonstrado que as escolhas alimentares são fundamentais seja para a manutenção da saúde ou para a promoção de doenças”, afirmou.

Segundo Passos, hoje em dia, é comum conhecer pessoas com redução da qualidade de vida e de produtividade no trabalho devido à dor crônica ocasionada pela alimentação ocidentalizada, isto é, com baixa qualidade nutricional.

“Com a redução do consumo de produtos mais naturais (ricos em fibras e bioativos), como frutas, legumes e vitaminas, e o consumo aumentado de produtos industrializados, a disbiose intestinal é condicionada, aumentando a inflamação sistêmica de baixo grau em todo o organismo. Sem contar nos mecanismos fisiopatológicos que aumentam doenças crônicas não transmissíveis, como dor crônica, diabetes e hipertensão”, disse.

Ao tempo em que há informação confiável sobre alimentação saudável, existe também as interferências diante do compartilhamento de dados irreais. “Ainda que o movimento pró-saúde tenha conquistado adeptos, nós viemos lutando muito contra as fakes news, as notícias falsas. Estamos preocupados com isso, pois tiram a credibilidade de nossas pesquisas. Por outro lado, é justamente com nosso olhar científico e tecnológico que combateremos esse fenômeno”, explicou o coordenador do curso de Nutrição e presidente do Congresso, professor Hugo Xavier, .

O diretor da Área da Saúde da Unit, Hesmoney Santa Rosa, aproveitou a oportunidade para incentivar os discentes a buscar o conhecimento na fonte mais antiga que existe: o livro. “Vocês serão responsáveis em melhorar a qualidade de vida da população, ou seja, pelo futuro da humanidade. Aproveitem bastante as palestras, sejam críticos e se atualizem com livros, artigos, mas leiam. Para quem quer ser grande, reconhecido, essa dica que eu deixo para vocês”, disse.

A aluna do 7º período, Mirela dos Santos Batista, entendeu bem o recado. “Espero adquirir muito conhecimento com as palestras, vou participar de tudo o que eu puder, principalmente sobre materno, área que me identifico e sei que terei muita responsabilidade na vida de muita gente quando eu estiver no mercado de trabalho”, avaliou.

Mais de 200 trabalhos científicos foram inscritos no Congresso Nacional de Nutrição.

Nutrição 10 anos

Durante a abertura do evento, na manhã do dia 27, o coordenador fez uma retrospectiva das atividades já realizadas até o momento e aproveitou para homenagear quem apoiou, incentivou e esteve ao lado desde o princípio do curso.

“O curso de Nutrição da Unit vem comemorar 10 anos de muita luta, confiança e credibilidade junto à sociedade. Para esse movimento acontecer, algumas pessoas foram e são muito importantes, por isso fizemos questão de homenagea-las”, contou.

Ao final da apresentação, o professor Hugo Xavier entregou estatuetas produzidas com material regional que levam o nome do curso que coordena aos fundadores da Unit, aos responsáveis pela direção da Saúde e pró-reitoria de graduação da Unit.

Para o reitor Jouberto Uchôa de Mendonça, o momento foi emocionante. “Nunca tinha visto uma apresentação tão rica de detalhes e de recursos audiovisuais como essa. Professo Hugo apresentou todos os detalhes dos esforços que vêm se dedicando ao longo desses 10 anos de curso, o que muito nos enche de orgulho”, afirmou Uchôa.

A projeção para a nova década que se inicia é de mais trabalho. “Nossa intenção é projetar para os próximos 10 anos o sentimento de estar cada vez mais próximo da população oferecendo uma educação superior de excelência e internacional”, reforçou Hugo Xavier.

Compartilhe: