V E S T I B U L A R UNIT
MENU

“Considero a Unit meu alicerce, minha base do conhecimento”, diz egressa.

A egressa Thiciane Couto, realiza mestrado na PUCRS e é aluna bolsista atuando como mentora no Projeto IT Academy, parceria entre instituição e a Dell.

às 10h36
Compartilhe:

Thiciane Couto ama matemática e tecnologia. Ainda no Ensino Médio, indecisa sobre qual profissão seguir e incentivada por um amigo, começou a pensar e pesquisar sobre o curso de Ciência da Computação. A partir disso, decidiu a área de atuação.

“Além do curso, a Universidade Tiradentes também sempre foi a minha primeira opção de cursar a graduação. Não sabia que os desafios iniciais seriam tão grandes. Ainda no início, o professor Fabio Gomes me convidou para participar de um projeto de Iniciação Científica e, sem pensar muito, aceitei e me apaixonei pelo curso, pela área de Tecnologia da Informação. Descobri o quão grande a área e as diversas possibilidades de trabalho e projetos”, declara Thiciane.

“A Iniciação Científica me proporcionou colocar em prática o que eu aprendia nas aulas, conhecer novos métodos, utilizar ferramentas, além de aumentar meu networking e participar de eventos locais e também nacionais como o Congresso Brasileiro de Software  CBSoft”, acrescenta.

Para Thiciane, a Unit foi essencial para o seu desenvolvimento na pesquisa e no mercado de trabalho.

“Considero a Unit como meu alicerce, minha base do conhecimento. Com uma grande estrutura das salas, modernidade das máquinas, o crescente número de parceiras, a Unit sempre buscou e ainda busca inovação”.

“A coordenação e os professores sempre apresentavam novidades, ouviam os estudantes, estavam dispostos a ajudar. Além disso, a Unit sempre apoiou a pesquisa, os projetos feitos por alunos e o aprendizado na prática”, complementa.

Pouco depois de concluir a graduação no curso de Ciência da Computação pela Unit, Thiciane ingressou no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Atualmente, a egressa é aluna bolsista, atuando como mentora no Projeto IT Academy, parceria da PUCRS com a Dell.

“O mestrado tem como foco a caracterização dos benefícios da adoção do Behavior-Driven Development – BDD – no desenvolvimento de software. O BDD é uma abordagem de estrutura flexível que pode ser utilizada durante todo o ciclo de vida do desenvolvimento de software ou apenas na Engenharia de Requisitos. Com isso, auxilia a equipe de desenvolvimento a entender melhor os interesses do cliente”.

Durante o mestrado, a egressa aplicará o BDD em dois projetos que envolvem estudantes da graduação, o IT Academy e o DIGITALSE. Além disso, por meio de um estudo de caso, realizará o levantamento das características dos benefícios que o BDD trará às equipes.

 

Leia também:

“O intercâmbio foi a maior experiência da minha vida”, diz acadêmico.

Mobilidade Acadêmica é diferencial para o mercado de trabalho

Mobilidade acadêmica abre caminho para mestrado no exterior 

Compartilhe: