V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Curso de Educação Física promove 20° Workshop de Estágio Supervisionado

De acordo com coordenadora do curso de Educação Física, Lisiane Teixeira, o Workshop objetiva promover integração e interação

às 20h50
20° Workshop de Estágio Supervisionado em Educação Física
20° Workshop de Estágio Supervisionado em Educação Física
20° Workshop de Estágio Supervisionado em Educação Física
Sala virtual ficou lotada
20° Workshop de Estágio Supervisionado em Educação Física
Compartilhe:

A Universidade Tiradentes segue adaptando suas tarefas acadêmicas em tempos de isolamento social. Esta semana, o curso de Educação Física realizou o 20° Workshop de Estágio Supervisionado em Educação Física por meio da plataforma Google Meet.

De acordo com coordenadora do curso de Educação Física, professora Lisane Teixeira, o Workshop objetiva promover  integração e interação com os estudantes e a comunidade, ampliando horizontes para além da sala de aula.

“O Workshop de Estágio Supervisionado em Educação Física favorece o relacionamento entre grupos e a convivência com as diferenças sociais, além de propiciar importantes trocas, tanto no âmbito acadêmico quanto no profissional. É o momento em que os alunos apresentam conhecimentos agregados de aprendizagem orientados para o exercício e inserção em diferentes contextos profissionais, institucionais, sociais e multiprofissionais inerentes à sua área de atuação”, explicou.

A coordenadora ressaltou que o Workshop de Estágio Supervisionado em Educação Física se caracteriza como evento obrigatório para os estudantes matriculados em estágio, tanto da licenciatura como do bacharelado.

“Desta forma, é uma atividade bastante esperada, pois, é um momento que oportuniza os estudantes apresentarem os conhecimentos agregados”, disse, contando a experiência em realizar a oferta de estágio em meio a uma pandemia que exige distanciamento social.

“Os estágios do curso foram caracterizados como formação de professores pela portaria nº 544, de 16 de junho de 2020. Houve substituição da realização das atividades práticas dos estágios de forma presencial para não presencial com o uso de meios e tecnologias digitais de informação e comunicação em atendimento a comunidade. Pelo depoimento dos estudantes, a aprendizagem foi significativa, pois, tiveram que se reinventar para atendimento do que foi proposto por esta portaria”, explica.

Compartilhe: