V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Curso de Enfermagem de Aracaju é primeiro lugar no Enade 2020

Reconhecimento é reflexo do conhecimento dos estudantes de Enfermagem que concluíram o curso em 2019 e no 1º semestre de 2020. O Enade em questão é referente a 2019

às 12h00
Compartilhe:

Por Ana Dulce Melo e Raquel Passos

O curso de Enfermagem do campus Aracaju Farolândia da Universidade Tiradentes repetiu sua satisfatória nota 4 em mais um ciclo de avaliação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – Enade. Dessa vez, o elevado desempenho posicionou o curso em primeiro lugar entre as Instituições de Ensino Superior particulares de Sergipe, conquistando ainda a 6ª posição no ranking entre as particulares do Nordeste e a 48ª posição dos cerca de 660 cursos de IES particulares avaliados no Brasil.

A Unit ainda é destaque entre instituições particulares: dos 20 cursos de Saúde avaliados de instituições particulares sergipanas, 10 graduações da Unit estão entre os 11 melhores resultados. Sem contar que é uma das 3.103 instituições brasileiras que conquistaram Enade 3 (com 15 cursos avaliados) e também é uma das 1.683 instituições brasileiras que conquistaram Enade 4 (com o curso de Enfermagem campus Aracaju Farolândia).

De acordo com a pró-reitora de graduação e vice-reitora interina da Unit, professora Arleide Barreto, o conceito Enade é um dos indicadores de qualidade da educação superior do Ministério da Educação – MEC. “O Enade é calculado para cada curso a partir da média ponderada da nota de cada estudante concluinte, considerando peso maior para a prova de conhecimento específico”, explica Arleide. 

A coordenadora do curso de Enfermagem da Unit campus Aracaju Farolândia, professora Maria Pureza Santa Rosa, afirma que a nota 4 é o reflexo de um esforço coletivo de professores e estudantes em cumprimento às Diretrizes Curriculares Nacionais.

“Representa a conformidade entre objetivos de uma educação em Enfermagem de qualidade, com competências necessárias para a formação profissional e nos deixa orgulhosos por observar que nos aproximamos do desejado, para assegurar qualidade na assistência à saúde das pessoas. O resultado é reflexo do esforço coletivo de professores, estudantes, além dos membros do Núcleo Docente Estruturante, do Grupo de Estudos em Enfermagem e de toda equipe da coordenação”, afirma.

Enfermagem Unit

Para o diretor da área da Saúde do Grupo Tiradentes, professor Hesmoney Santa Rosa, o resultado do curso de Enfermagem representa um trabalho de qualidade, feito com professores capacitados, além dos investimentos realizados na estrutura dos cursos de Saúde.

“É importante lembrar que serão esses os egressos que irão cuidar das pessoas! É isso que buscamos em nossos cursos, mostrar a importância do olho no olho, do cuidado e do aperfeiçoamento constante. É muito gratificante estar entre os melhores de Sergipe, do Nordeste e do Brasil, mas sabíamos que teríamos um bom resultado com o trabalho que fazemos”, afirma professor Hesmoney.

Para ele, o fomento à iniciação científica é fundamental na formação dos estudantes. Além disso, os investimentos na estruturação dos cursos de Saúde, segundo ele, ocorrem graças à efetividade de aportes compartilhados entre os dez cursos da área que a Unit oferta. 

“Sempre fazemos investimentos que possamos compartilhar com os outros cursos. O curso de Enfermagem compartilha bastante com o curso de Medicina, principalmente na área de simulação. Temos simuladores avançados e realistas, laboratórios equipados, aulas práticas. Sempre realizamos jornadas e estimulamos a iniciação científica”, conclui.

O curso de Medicina tirou nota 3 no Enade, assim como Tecnologia em Estética e Cosmética, Tecnologia em Radiologia, Enfermagem Itabaiana, Fisioterapia, Odontologia, Enfermagem Estância, Biomedicina, Nutrição e Farmácia. Além das Engenharias de Produção, Civil, Mecatrônica, Elétrica e Ambiental.

Enade 

Das 8.368 instituições avaliadas pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) apenas 511 — o que corresponde a 6,3% do total — conseguiram a nota máxima: 5.

Das instituições avaliadas no Enade, 85% são privadas e apenas 15% públicas. Para se ter ideia do alto nível da concorrência, apenas 37,9% das instituições avaliadas conseguiram nota 3 e somente 20,6% conquistaram nota 4. 

Criado em 2004, em substituição ao Provão (Exame Nacional de Cursos), o Exame avalia o desempenho dos estudantes que estão concluindo a graduação em uma prova com base no programa dos cursos, mensurando atualização, conhecimento adquirido, competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional.

Este ano, a avaliação dos cursos do Ciclo II do Enade foi adiada para 2021, em função da pandemia do novo coronavírus.

Compartilhe: