V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Curso de Farmácia promove Café Farmacêutico Carlos Drumond de Andrade

Profissionais, docentes e acadêmicos de Farmácia discutem os problemas relacionados às doenças hormonais e da tireoide

às 19h49
A disfunção hormonal que também está relacionado às doenças tereoidianas foi um dos temas tratados durante a realização do 2º Café Farmacêutico
A participação dos alunos na discussão sobre os temas
A participação dos alunos na discussão sobre os temas
Palestrantes abordam temas específicos
Compartilhe:

Com a presença de professores, alunos e profissionais convidados, aconteceu na noite dessa quarta-feira, 12, no auditório A do Bloco G no Campus da Farolândia, a segunda edição do Café Farmacêutico, promovido pelo curso de Farmácia.

O tema da atual edição do Café Farmacêutico Carlos Drumond de Andrade escolhido pela coordenação do curso de Farmácia se deu em razão do crescimento das doenças tireoidianas e hormonais, segundo explica a coordenadora Juliana Maria Dantas Mendonça.

“Também tivemos a preocupação de trazer para discussão entre os acadêmicos a questão da interpretação dos exames hormonais”, acrescenta a docente justificando a presença da farmacêutica e bioquímica Maria Alceni Leitão Torres, que explicou como identificar doenças da tireoide nos exames clínicos e laboratoriais.

“O profissional de análises clínicas precisa, na interpretação do exame, analisar todas as possibilidades de alterações que podem interferir no diagnóstico e comunicar ao médico”, explica Maria Alceni. O uso de determinados tipos de medicamentos pode ser o motivo de alterações. “Daí a importância de a análise do exame ser feita pelo farmacêutico”, acrescenta a professora Juliana.

Também convidados a participar do Café, a endocrinologista Thais Paias ampliou a visão universitária sobre as doenças da tireoide e o médico Tiago Costa esclareceu sobre o uso dos anticoncepcionais.

Compartilhe: