V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Curso em 'Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências' finaliza primeira etapa


às 13h36
Compartilhe:

Nos dias 04 e 05 de dezembro, a Universidade Tiradentes foi palco da finalização da primeira etapa do curso em ‘Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências’ com foco na qualificação da gestão. A iniciativa foi promovida pelo Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP) do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, e realizada pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Aracaju em parceria com diversos atores institucionais, entre eles, a Unit. 

“O processo começou especificamente em abril, mas iniciamos as articulações com a Secretaria de Saúde em fevereiro. Além do levantamento dos principais problemas a serem enfrentados, realizamos as pactuações iniciais. A Unit é parceira desde o início quando montamos a comissão gestora”, comenta Anderson Torreão, facilitador do projeto educacional do Sírio Libanês. 

“Durante a realização do projeto, buscamos evidências sobre as problemáticas, quais os impactos para a população, além de estudos e possíveis soluções. O que estamos apresentando é a caracterização dos problemas sob a ótica da ciência e as principais opções de enfrentamento”, acrescenta. 

O curso é realizado em todo o Brasil e Aracaju foi uma das cidades contempladas. “A ideia é que, além de formar, os gestores possam fazer mudanças na prática. Todos os cursos trabalham o desenvolvimento de capacidade nas pessoas e tem o compromisso com o desenvolvimento de projetos que devem ser aplicados na prática”, salienta Anderson. 

Entre as temáticas desenvolvidas durante o curso estão projetos que trabalhem a questão da fila de espera para consultas e exames especializados e como melhorar a gestão desse tempo, qualificação dos gestores das Unidades Básicas de Saúde e como podem desenvolver capacidades e melhorar suas práticas de atuação, além da Teleconsultoria em Saúde e do projeto de qualificação de informação. 

“Aracaju foi uma das cidades escolhidas pelo Sírio Libanês para trabalhar o projeto de gestão em saúde. Nós elencamos quatro projetos que entendemos ser prioritários para que possamos ter uma gestão mais organizada e com resultados para os usuários. A ideia é que a gente trabalhe isso, baseado em evidências, e aplique em Aracaju para que a gente consiga ofertar uma saúde com mais qualidade para a população”, garante a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza, 

“É bastante relevante estarmos inseridos em discussões como esta pois temos os nossos estudantes da área da saúde no âmbito da Rede Pública, em seus campos de estágios. Precisamos de algum modo agilizar o atendimento à população. Além disso, em parceria com todos os atores envolvidos neste curso, ajudamos na formação e capacitação de pessoal, além de identificar e mostrar soluções para diversas problemáticas”, enfatiza professor Hesmoney Ramos de Santa Rosa, diretor de Saúde do Grupo Tiradentes.  

O encontro foi realizado na sala 24 do Bloco F, Campus Aracaju Farolândia da Unit. 

Compartilhe: