V E S T I B U L A R UNIT
MENU

De estagiária a concursada na Defensoria Pública do Estado de Sergipe

A egressa em Direito, Carla Caroline de Oliveira Silva, foi estagiária do órgão onde hoje atua como defensora pública.

às 11h51
Formada em Direito pela Universidade Tiradentes (Unit) em 2010, Carla Caroline de Oliveira Silva, coleciona uma trajetória acadêmica de sucesso.
Formada em Direito pela Universidade Tiradentes (Unit) em 2010, Carla Caroline de Oliveira Silva, coleciona uma trajetória acadêmica de sucesso.
Compartilhe:

Formada em Direito pela Universidade Tiradentes (Unit) em 2010, Carla Caroline de Oliveira Silva, coleciona uma trajetória acadêmica de sucesso. Por meio de convênios exclusivos da instituição, ela vivenciou experiências em órgãos públicos que lhe agregaram conhecimento essencial para a função que exerce atualmente. A egressa é defensora pública do estado de Sergipe.

Enquanto graduanda, Carla estagiou na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Defensoria Pública do Estado de Sergipe, Ministério Público de Sergipe e Ministério Público Federal. “Além disso fui selecionada em programa de visitação técnica do Superior Tribunal de Justiça e recebi apoio da Unit tendo sido agraciada com isenção de parcelas da mensalidade como ajuda de custo com as despesas da viagem. Com esse apoio foi possível vivenciar a rotina de trabalho no tribunal Superior onde estive por 15 dias”, afirma.

Em tese de mestrado, ela abordou o tema ‘Bruxas no plenário: proposta de visibilidade feminina no tribunal do Júri’. “Tratamos da invisibilidade das violências institucionais ocorridas contra as mulheres trabalhadoras do tribunal do júri (advogadas e defensoras públicas) durante o exercício de sua atividade profissional. A importância deve-se à desnaturalização de violência de gênero institucional de maneira a estimular a propositura de políticas para seu fim”, explica.

“Resolvi fazer o mestrado por realização pessoal já que sempre quis dar continuidade a meus estudos acadêmicos. Além disso, vi uma oportunidade de crescimento profissional e amadurecimento pessoal”, acrescenta a egressa.

Para ela, a formação na Unit lhe deu oportunidade enquanto estudante que foram importantes para sua formação. “Através de convênio da Unit pude exercer estágio extracurricular em vários órgãos públicos acumulando experiências profissionais que seriam imprescindíveis após formada”, conclui.

 

Leia também: Aluno do 2º período de Direito pesquisa sobre Conflitos pela Água no Nordeste

Compartilhe: