V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Ecotox discute saúde ambiental 

Ecotox mobiliza cientistas de diversos países em torno de estudos que objetivam encontrar soluções imediatas para o controle da degradação do meio ambiente

às 19h53
José Maria Navas  e Deborah Catalani
José Maria Navas e Deborah Catalani
A professora Clarisse Maria Risco de Bota
Compartilhe:

Sediado nesse último fim de semana no Campus Farolândia, o 15º Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia (Ecotox) trouxe à tona reflexões e debates sobre assuntos que são considerados imprescindíveis e que requerem mudanças imediatas.

“É um evento importante, porque fala de toda agressão pela qual o planeta vem passando”, salienta Deborah Catalani, umas das responsáveis pela organização do evento. Ela faz um alerta sobre a necessidade de repensarmos o quanto antes a nossa forma de reutilização das coisas e de salvaguardar a terra que produz o nosso alimento.

Ao falar sobre o uso das células de linhas celulares para determinar a concentração de grupos de substâncias no meio ambiente, o pesquisador e cientista espanhol José Maria Navas Antônio explicou como é mensurada a concentração de substâncias que pode haver numa amostra quando é detectado um problema ambiental.

“Na realidade, há muitas substâncias que as análises clínicas não detectam como, por exemplo, efeitos antagônicos, sinérgicos e aditivos”, salienta o cientista do Instituto Universal de Tecnologia Agrária e Alimentar de Madrid. José Maria Navas explica que utiliza em suas pesquisas técnicas específicas para observar o efeito global do grupo de substâncias existentes numa única amostra ambiental.

Docente da USP de São Carlos e tesoureira da Sociedade de Ecotoxicologia, a professora Clarisse Maria Risco de Bota considera a importância do fórum de discussão para a academia em razão da busca permanente dos pesquisadores pela inovação. “A interação entre profissionais das diferentes áreas dá, dentro da Ecotoxicologia, a oportunidade de ampliar a discussão”, opina a professora. Ela acrescenta que para a sociedade o Congresso é importante, porque acaba por conscientiza-la sobre a importância do cuidado com o ambiente a partir do controle de substâncias tóxicas.

Compartilhe: