V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Ensino híbrido é tendência na Educação Superior e uma realidade em Sergipe

Em Sergipe, apenas a Universidade Tiradentes oferta ensino híbrido. Encontros presenciais acontecem até três vezes por semana e o corpo docente é o mesmo da graduação presencial

às 23h51
Compartilhe:

Por Raquel Passos

Em um mundo onde as relações têm se modificado devido às constantes inovações tecnológicas, o mercado de trabalho precisou se reinventar e a educação seguiu o ritmo. Escolas e universidades adotam ferramentas do Google for Education para associar o uso de dispositivos móveis às aulas e torna-las mais atraentes e, principalmente, conectadas.

Com isso, o movimento crescente na Educação a Distância do ensino superior começou a conquistar aquelas pessoas que sonhavam com a graduação, mas que não tinham condições de estar sempre presente em sala de aula. A fusão das modalidades (presencial com EAD), como é o caso do modelo híbrido, é uma tendência no Brasil.

O grande objetivo dos cursos com metodologia híbrida (considerada EAD), é proporcionar trânsito dos alunos entre os dois universos para que extraiam o melhor que há em cada um deles – seja nos estudos de forma online ou em encontros em laboratórios sala de aula, aplicando os conhecimentos na prática.

De acordo com a gerente acadêmica da Unit EAD, especialista em Educação a Distância, professora Karen Sasaki, no modelo híbrido, os encontros presenciais trazem premissas de experimentação e construção intelectual desde o primeiro minuto. Para ela, as fronteiras do ensino se confundem também por conta do perfil do aluno que vem mudando.

“Vamos mobilizar uma aprendizagem ativa com base na aplicação prática de conceitos teóricos. O aluno é, de fato, o protagonista do seu processo de aprendizagem, aderindo à flexibilidade da modalidade para encaixar na vida do aluno. Ele vem ao polo para construir e desenvolver seu lado profissional, praticando em laboratórios de ponta, o que aprendeu no ensino a distância, com interação direta com o professor. Faz parte do sucesso vir à Universidade para aproveitar os ambientes de aprendizagem presenciais”, explica.

Novos cursos

A partir de 2020, a Universidade Tiradentes – Unit – também passará a oferecer graduações no modelo híbrido que proporcionam a flexibilidade do EAD e a presencialidade da graduação tradicional em: Engenharia de Softwares; e Tecnologia em Design de Interiores.

O coordenador dos cursos de Computação, professor Fábio Santos, explica que existem alguns cursos de competência de natureza prática com mais presencialidade que outros. Como é o caso da Engenharia de Software. “O curso de Engenharia de Software vem para suprir a carência no mercado local, pois representa uma das áreas do mercado mais procuradas em grandes e pequenas empresas. No curso da Unit, o aluno terá conhecimentos teóricos e práticos, também por meio de parcerias acadêmicas que temos com gigantes de tecnologia. Será um ganho para Aracaju que tanto sente falta de engenheiros de software”, afirma.

Design de Interiores já fez parte da cartela de cursos presenciais da Unit, e neste primeiro semestre de 2020, está sendo relançado com essa perspectiva mais flexível no campus Unit Farolândia. “Os cursos híbridos vão atender a um público que já está no mercado de trabalho e que não tem tanta flexibilidade de vir todos os dias à Unit. Por isso que a tendência é de usufruir desta metodologia mais flexível, com o mesmo reconhecimento do MEC”, conta.

No modelo híbrido da Unit, acontecem encontros presenciais até três vezes por semana e o corpo docente é o mesmo que na graduação presencial.

Modelo pedagógico

Os conteúdos e as atividades são constantemente trabalhados de forma integrada e planejada. Para se ter ideia, o escopo do modelo híbrido é combinado por videoaulas, exercícios interativos na web e atividades dinâmicas presenciais. Em resumo, ele mescla práticas pedagógicas do ensino presencial com a tecnologia e inovação do ensino a distância.

“Na dimensão on-line são previstas as atividades mediadas por tecnologia, as quais podem ser distribuídas em estudos on-line para desenvolvimento da autonomia intelectual, com atividades de aprendizagem e avaliação. Todas as ferramentas de comunicação e interação entre alunos, tutores e professores estão disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Ademais, os acessos à biblioteca virtual também são realizados através dos sistemas eletrônicos da Unit”, afirma Sasaki.

Já a dimensão presencial envolve diferentes estratégias de acordo a atividade. A aula teórica é realizada em sala de aula, mediada por tutor presencial, que aplica planejamento didático-pedagógico de acordo com os objetivos de aprendizagem. Enquanto que a aula prática acontece em laboratório com infraestrutura física construída de acordo com as normas técnicas de segurança, compartilhados pelos alunos da graduação presencial.

“Os alunos dos cursos híbridos terão aulas práticas nos laboratórios do campus Unit Farolândia. É possível que algumas atividades ocorram em laboratórios virtuais, gerando o desenvolvimento de experiência universitária presencial. O intuito é fortalecer a aquisição do conhecimento e a maturidade acadêmica dos alunos. Afinal, a ‘Educação do futuro’ é o hoje, tem que partir do indivíduo”, contextualiza Karen Sasaki.

Híbrido

Curso híbrido é uma metodologia de operação de cursos da modalidade a distância que busca privilegiar experiências das modalidades presencial e EAD, respeitando-se a legislação educacional do sistema federal de ensino, com foco no desenvolvimento de competências e habilidades técnicas e comportamentais. Dessa forma, as atividades presenciais são integradas à dimensão on-line, combinando experiências num poderoso circuito de aprendizagem.

Para saber mais, acesse.

Compartilhe: