V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Pauta: Escritor doa obras literárias à Biblioteca da Unit.

Para o jornalista e escritor, Gilson Sousa, as obras doadas contribuem para a preservação da história e da cultura de Sergipe. 

às 15h50
Compartilhe:

A Biblioteca Jacinto Uchôa de Mendonça da Universidade Tiradentes sempre foi palco para a preservação da cultura sergipana. Além das exposições permanentes, a biblioteca do Campus Farolândia, como é mais conhecida, possui um acervo de mais de 150 mil exemplares, com renovação a cada seis meses.

Entre os mais recentes livros que fazem parte do acervo estão as obras literárias do escritor e jornalista Gilson Souza. O autor realizou a doação de exemplares da publicação “Cartas para longe” e da biografia “Cleomar Brandi, uma vida inteira”. Além disso, Gilson também doou exemplares do livro de poemas “Na linha do tempo” do deputado Francisco Gualberto.

“O livro de poemas ‘Cartas para longe’ é de 1993 e fiz uma segunda edição com ilustrações do nosso grande artista plástico José Fernandes, que faleceu no ano passado por complicações da Covid-19. Tive a honra de receber os desenhos desse artista para ilustrar os poemas que estão nesse livro”, declara Gilson.

“Já a biografia foi lançada no início do ano. É uma pesquisa extensa. Como o próprio nome do livro diz, a vida inteira de Cleomar Brandi é contada nele. Detalhes que vão surpreender muita gente. Mas o importante é dizer que se trata de uma história digna e, acima de tudo, necessária. Dificilmente a gente encontrará nessa vida pessoas como Cleomar, em vários sentidos”, acrescenta.

Para o escritor, é de extrema importância ter essas obras no acervo da biblioteca da Unit. “Essa doação é muito relevante porque a biblioteca da Unit é uma das maiores e melhores bibliotecas do ambiente estudantil de Sergipe, tem uma abrangência muito grande e um alcance enorme de público. É uma biblioteca muito bem organizada e que, para qualquer escritor, é uma honra ter uma obra no acervo de uma biblioteca tão importante como a da Unit. Isso me motivou a fazer a doação com muito carinho”, destaca.

Segundo o jornalista, as obras doadas contribuem para a preservação da história e da cultura de Sergipe.  “Tenho certeza de que o impacto na preservação da história e da cultura também é grande. O livro como o de Cleomar Brandi é uma publicação que tem uma importância histórica muito grande por ser uma biografia e trata de um personagem muito conhecido e querido no meio jornalístico e literário de Sergipe. Isso tem um impacto muito grande para fortalecer a nossa cultura e a preservação da memória”, salienta.

“No caso do livro de poesia tem também o enriquecimento literário. Temos grandes sergipanos que são consagrados na poesia. Ter uma obra na biblioteca da Unit é bastante importante para os acadêmicos e para o público em geral que frequenta a instituição de ensino em busca de informação e mais conhecimento”, enfatiza.

Para Gislene Dias, gestora da Biblioteca Central, as doações são de grande valia.

“É uma contribuição muito relevante para nossa história. Nós temos um ensinamento muito grande do professor Uchôa de valorização da cultura sergipana e isso não tem preço. Então, a doação desses exemplares só tem a agregar conhecimento aqui no acervo”.

“Ainda que sejamos uma biblioteca dentro de uma universidade, essa troca não se restringe a esses muros porque é aberto à comunidade. Alguém que faz a leitura, absorve aquele conhecimento e valoriza cada vez mais o escritor e divulga essa cultura. A gente faz essa mediação de valorização cultural e regional”, finaliza.

 

Leia também:

Estudantes da Unit têm acesso à biblioteca digital

Espaço Joel Silveira conta a história do maior jornalista literário brasileiro

Compartilhe: