V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Estudantes de Moda visitam estúdios da TV Globo

Intercâmbio acadêmico incluiu também visitas ao Museu do Amanhã e Escola de Arte do Parque Lage.

às 13h29
Os estudantes do curso de Design de Moda da Unit visitaram os Estúdios Globo, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, como parte do intercâmbio acadêmico de experiência. Acompanhados pelo coordenador do curso, o professor Edilberto Marcelino, os acadêmicos puderam conhecer de perto toda a parte de figurino utilizado pela Globo em suas novelas e séries. A atividade extensão ainda incluiu a visita a Escola de Arte do Parque Lage, Museu do Amanhã e as empresas Farm e Malha.
Na Globo
Na Globo
Chegada ao Rio
No acervo histórico da Globo
Compartilhe:

“Percorremos todo processo de produção, concepção de cada personagem, o trabalho da equipe de figurinistas, visitamos o guarda-roupa da novela Haja Coração. Também experimentamos as tatuagens artificiais, como produzido o sangue para algumas cenas. Vimos tudo de pertinho” explica Edilberto.

Para os alunos, a visita não tem caráter apenas lúdico. Eles puderam conferir de perto novas possibilidades para o mercado de trabalho. “A gente pode conhecer outra vertente da profissão e observar que ela é muito mais importante do que a gente mesmo pensa. Como uma fala de uma figurinista que marcou foi que nada começa sem o figurino”, declara a estudante do 4º período, Vitoria Fontes Faro.

O intercâmbio incluiu também visita ao centro de coworking Malha específico para a área de moda que abraça o design; a Farm, uma empresa que começou durante a realização de uma feira e se tornou conhecida nacionalmente e hoje é considerado um case de sucesso, o Museu do Amanha, Museu de Arte do Rio e a Escola de Arte do Parque Lage.

O objetivo do intercâmbio de experiência é proporcionar aos alunos experiências de viagens práticas onde seja possível a visita a empresas que desenvolvem atividades ligadas a cada graduação a fim de que possam vivenciar de forma prática o que será a essência da sua profissão. “Os alunos estão podendo ver de perto o espaço de trabalho, o que eles precisam estudar mais para se aperfeiçoar, com certeza eles vão voltar mudados”, finaliza Edilberto.

Compartilhe: