V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Fisioterapia da Unit em tempo de jornada


às 23h38
Na abertura da Jornada, apresentação artística
Na abertura da Jornada, apresentação artística
A professora Luciana Zago abra a 14ª Jornada
Palestrantes convidados para a abertura do evento
Compartilhe:
A professora Luciana Zago abra a 14ª Jornada

A professora Luciana Zago abra a 14ª Jornada

Aberta oficialmente na noite desta quarta-feira, 15, no Auditório Padre Melo localizado no Campus Farolândia, a 14ª Semana de Fisioterapia da Unit traz à tona O papel do Fisioterapeuta Perito no Deslinde de Questões Processuais na Justiça do Trabalho.

Para abordar o assunto que é considerado novo dentro da profissão e tem despertado interesse, tanto de quem já atua, como de quem está no processo de profissionalização, foram convidados os palestrantes doutor Carlos de Andrade, o fisioterapeuta Andrey Lopes e o juiz Federal do Trabalho e titular da 7ª Vara da Vigésima Região, doutor Hider Torres do Amaral.

O magistrado chamou a atenção da plateia para a importância do fisioterapeuta como perito judicial. Segundo o doutor Hider, o foco para o tema se dá em razão de várias discussões acerca da legitimidade ou não da atuação deste profissional atuar como perito de juízo. “Ao trazer profissionais de outras áreas, a universidade possibilita aos alunos a chance de obter um maior leque de informações em razão da própria realidade profissional”, lembra o juiz.

Palestrantes convidados para a abertura do evento

Palestrantes convidados para a abertura do evento

O professor Carlos Eduardo, docente da Unit e na oportunidade, presidente da mesa de discussões sobre o tema mobilizador da abertura da 14ª jornada salienta que esse representa um momento importante para a academia uma vez que eventos como esse além de ajudarem ao aluno a decidir sobre o que eles pretendem no campo profissional, sempre estimula o aperfeiçoamento dos acadêmicos fazendo com que eles se vejam num futuro muito próximo como profissionais qualificados.

Ao falar sobre a abrangência da perícia judicial, o egresso da Unit Andrei Lopes Céu lembra reafirmou que muitos acadêmicos não têm conhecimento sobre essa vertente profissional. “Quando saem da universidade os Fisioterapeutas têm uma tendência de atuar no campo de trauma-ortopedia e há uma possibilidade de atuação muito mais ampla que esse universo”, assegura o palestrante.

Satisfeita com a adesão dos acadêmicos, a coordenadora do curso professora Luciana Beatriz Silva Zago lembra que tentou organizar o evento da melhor maneira possível permitindo assim a atualização dos conhecimentos daqueles que escolheram enveredar pelo exercício da profissão.

Fotos – Marcelo Freitas

Compartilhe: