V E S T I B U L A R UNIT
MENU

História de superação familiar contribui para ingresso de pai e filho na graduação

Roberto e Alisson Davila começam curso de Gastronomia juntos e sonham em montar próprio negócio

às 18h56
Alisson e Roberto Davila começam graduação em Gastronomia juntos
Alisson e Roberto Davila começam graduação em Gastronomia juntos
Compartilhe:
Alisson e Roberto Davila começam graduação em Gastronomia juntos

Alisson e Roberto Davila começam graduação em Gastronomia juntos

Pai de três filhos, formado em ciências econômicas e atuando há aproximadamente 33 anos em uma empresa de petróleo na capital, Roberto Freitas Davila pode dizer que está com a vida estabilizada. Aos 53 anos, e próximo da aposentadoria, Roberto curte a plenitude da idade e a sensação de dever cumprido. Mas, para este profissional, ainda falta um pouco mais para garantir esta totalidade. A realização de um sonho, o de seguir na carreira gastronômica.

Há alguns anos, cursar uma graduação em Gastronomia seria quase impossível para Roberto. As viagens constantes a trabalho pelo País era um dos fatores que mais contribuíam para atrasar a busca por este objetivo. Mas, no final de 2012, um acontecimento marcou sua vida. Roberto adoeceu em uma de suas viagens e, após fazer alguns exames, descobriu que estava com câncer no estômago. O diagnóstico abalou Roberto e toda a sua família.

“Foi um momento muito difícil da minha vida. Fiz o tratamento, a cirurgia, fiz a quimioterapia e passei quase um ano afastado de minhas atividades. Passei muito tempo só, porque meus filhos e minha esposa saíam para trabalhar. E neste período vi um filme da minha vida. Persistência e determinação sempre foram meu lema, e quando queremos realmente algo, corremos atrás e superamos. Apesar da dor, analisei os ‘porquês’. E nisso me veio as grandes lições. Tenho muita fé e sabia que Deus me daria outra oportunidade. E ele me deu. Foi a partir deste momento que decidi realizar os meus sonhos”, conta.

A determinação de Roberto nesta fase foi crucial para a sua recuperação e para realizar um dos mais antigos de seus sonhos, o de cursar Gastronomia. “Durante todos esses anos, nunca perdi o sonho de que um dia faria o curso. Que um dia faria alguma coisa que fosse produzido por mim e que teria meu próprio restaurante. Com os meus filhos formados, dois em Direito e um em Ciências Contábeis, chegou o momento”, completa.

Aprovado em quarto lugar no vestibular, Roberto ingressou na graduação na Universidade Tiradentes este semestre. Mas, ele não sabia que outro de seus sonhos, que seria em contar com um dos filhos também na área gastronômica, seria realizado agora.  “Gosto muito de cozinhar. Faço algumas pesquisas, busco inovar e modifico as receitas. Sempre procurei alguém da minha casa que se interessasse e pudesse seguir nesta área da gastronomia também”, conta Roberto.

E eis que o filho do meio, Alisson Davila, decidiu acompanhar o pai na mesma empreitada.  Alisson é formado há três anos em Direito, já atua como advogado, e almeja ter o próprio negócio. “Minha vontade sempre foi ser empresário. Então surgiu esta oportunidade de criar esta parceria com meu pai”, afirma. Apesar do gosto em cozinhar não ser tão forte quanto o do pai, Alisson demonstra ser um aluno dedicado. “Gosto de cozinhar um pouco e, gradativamente, estou aprendendo com o meu pai. Sinto-me incentivado e mais forte, em ver esta determinação dele e tudo o que superou”, acrescenta.

Agora, no primeiro período de Gastronomia, eles acreditam estar bem mais perto de passar juntos, por mais uma etapa na vida. Enquanto Alisson vislumbra em conquistar mais um espaço no mercado de trabalho como empresário, Roberto busca a satisfação de aperfeiçoar na teoria, o que sempre gostou de fazer na prática. “Estou próximo de me aposentar e foi o tempo que escolhi para fazer esta graduação. Futuramente quero cursar uma pós e fazer uma especialização no Peru porque gosto da gastronomia peruana. É um sonho que realizarei, tenha certeza disso”, conclui Davila.

Foto: Marcelo Freitas

Compartilhe: