V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Inglês na fonte

Alunos do 5º ano do Centro de Educação da Unit recebem aulas de inglês de americana que participa de intercâmbio. Os resultados já são animadores.

às 21h42
A turma está animada com o aprendizado
A turma está animada com o aprendizado
Alexis, a empolgada Ayala e a professora Luciane
Compartilhe:

Em nossa capital para a realização de intercâmbio entre o Massachusetts Institute of Technology e a Universidade Tiradentes, a estudante de Engenharia Mecânica Alexis D’Alessandro desenvolve um projeto por meio do qual busca entender os hábitos do consumo de água dos brasileiros, especialmente a população nordestina.

Paralelamente às suas pesquisas, a jovem americana atua como voluntária no Centro de Educação da Unit, onde ministra há três semanas aulas de inglês para alunos do 5º ano. O encontro acontece uma vez por semana e possibilita tanto para Alexis como para as crianças excelente oportunidade de aprendizado dos idiomas.

“Eles são muito inteligentes e gosto muito de trabalhar com eles. O aproveitamento tem sido muito bom e há uma troca de experiência, porque eu ensino o inglês e eles me ensinam o português”, revela a americana que na cidade de Boston cursa uma disciplina para o aprendizado do nosso idioma. Apaixonada por Aracaju e com pretensões de regressar à capital sergipana no próximo mês de janeiro, Alexis pensa em adquirir uma bolsa para que possa permanecer na cidade durante todo o ano de 2019.

A professora Luciane Santos Santiago é a responsável pela turma de 26 alunos concludentes do 5º ano no Centro de Educação. Segundo ela, o aproveitamento do conteúdo passado por Alexis tem sido de grande importância. “Além de ter agregado conhecimento, tem sido uma grande troca de experiências, já que aqui não temos a disciplina Inglês. Agora os meninos já sabem falar algumas palavras e construir frases”, diz a professora cheia de satisfação.

“É muito importante para mim e para os meus colegas. Ao tempo em que estamos aprendendo inglês, também estamos ensinando a ela o português. Além do mais, essa é a primeira vez que uma americana dedica um pouco do seu tempo para nos ensinar”, complementa a pequena e desinibida Ayala Tawanny, que aos 10 anos se revela legítima representante da turma.

Compartilhe: