V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mobilidade acadêmica: experiência em família

Por meio do programa de Mobilidade Acadêmica, ela expandiu conhecimentos e pode vivenciar a experiência

às 20h07
Isabelle Maria Duarte Gonzaga
Isabelle Maria Duarte Gonzaga
Compartilhe:

Rede de relacionamento e pesquisa levaram Isabelle Maria Duarte Gonzaga, doutoranda em Engenharia de Processos pela Universidade Tiradentes Sergipe, para a Espanha. Por meio do programa de Mobilidade Acadêmica, ela expandiu conhecimentos e pode vivenciar a experiência com esposo e filho. A experiência familiar e acadêmica rendeu parcerias científicas.

Isabelle conta que, juntamente com orientadores do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), desenvolveu um sistema de síntese de ânodos, como uma mistura de óxidos metálicos utilizando micro-ondas de cozinha para tratamento de água e levou esse estudo para o intercâmbio.

“A mobilidade acadêmica vêm me trazendo bons frutos, parcerias com professores renomados na minha linha de pesquisa, produção de artigos científicos de alto fator de impacto, que influencia diretamente na minha vida como pesquisadora. Na Espanha, apliquei meus materiais em diversos processos diferentes para tratar águas oriundas de hospitais. Uma grande dificuldade quando cheguei foi me acostumar com a cultura deles, porque eles não são tão calorosos como nós brasileiros”.

Graduada em Engenharia de  Petróleo e com mestrado na área também pela Universidade Tiradentes, Isabelle afirma que a escolha pela Instituição foi fundamentada pela qualidade do ensino ofertado.

“Escolhi a Unit pela qualidade da instituição, ensino e corpo acadêmico. Por isso, fiz a minha graduação em Engenharia de  Petróleo, mestrado e estou finalizando o doutorado em umas das melhores universidades do Nordeste, na qual a Pós-graduação em Engenharia de Processos(PEP) tem nota 5 do MEC”.

Aprendizado

Além da experiência cultural e familiar, já que Isabelle embarcou com filho e esposo, ela construiu uma rede de relacionamentos importante para fomentar parcerias acadêmicas futuras. A doutoranda realizou o programa de intercâmbio na Universidad Castilla La-Mancha, na Ciudad Real.

“O intercâmbio me proporcionou varias coisas, mas a principal delas foi o Networking. Não existe pesquisa científica sem parcerias e colaborações. Desde a graduação, a Unit me inseriu no mundo da pesquisa, onde fui aluna e bolsista de iniciação científica. Ainda da minha graduação, escolhi que queria seguir a carreira acadêmica e  me tornar pesquisadora”.

Mobilidade Acadêmica

O Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional é oferecido para discentes regularmente matriculados nos cursos de Graduação objetivando a vivência de outras experiências acadêmicas e de integração aos diversos contextos e cenários internacionais, para aquisição de novos conhecimentos, competências e habilidades pertinentes a cada área de formação, no exercício pleno do protagonismo estudantil global.

Compartilhe: